Voleibol do Clube de Regatas do Flamengo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Clube de Regatas Flamengo
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Flamengo-RJ (BRA).png
Alcunhas
Cores Vermelho e preto
Mascote Urubu
Informações
Cidade Rio de Janeiro, RJ
País Brasil
Competição Superliga - Série A
Ginásio Ginásio Togo Renan Soares

Maracanãzinho
Resultados
Uniformes
Kit left arm fla0708h.png Kit body fla0708h.png Kit right arm fla0708h.png
Kit shorts fla0708h.png
Cores do Time
Principal
Kit left arm fla0708a.png Kit body fla0708a.png Kit right arm fla0708a.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Alternativo
Kit left arm.png Kit body thinwhitesides.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Cores do Time
Líbero

O Voleibol do Clube de Regatas do Flamengo é o departamento de voleibol do Clube de Regatas do Flamengo, sediado no Rio de Janeiro[2][3][4].

Na década de 1950, o Flamengo foi o primeiro time brasileiro de vôlei feminino a viajar para o exterior, tendo participado de campeonatos no Peru nos anos de 1953 e de 1956, vencendo todas as partidas que disputou por lá. Em 1953, foram 19 vitórias em 19 jogos, e em 1956, 12 em 12[5].

História[editar | editar código-fonte]

Voleibol Feminino[editar | editar código-fonte]

O Flamengo tem tradição no voleibol feminino, sendo um dos fundadores da Liga Metropolitana, em 1938, ano em que conquistou seu primeiro título com a equipe feminina, a qual nas décadas de 40, 50 e 60 conquistou vários títulos, sendo apelidada de "Campeã dos campeões".

Em 1978 e 1980, o clube venceu o Campeonato Brasileiro Feminino[6], sob a direção de Enio Figueiredo, com atletas como Carmem Castelo Branco, Marina Menezes, Leila Peixoto, Norma Rosa Vaz, Maria Pequenina Azevedo, Marlene Guedes Schenkel, Carmen Marques Pereira, Rosa Maria O’Shea (Rosinha), Lígia Cossenza, Rosy Torres, Vilma Fernandes, Isabel, Jacqueline, Ida Álvares, Ana Lúcia Vieira e Regina Villela; e em 1981 o Campeonato Sul-Americano de Clubes, em Sucre-Bolívia[2].

Outros nomes também vestiram a camisa rubro-negro como a atacante da seleção principal Fernanda Emerick, a central Mônica Caetano e atletas que mais tarde se destacariam no vôlei de praia como: Maria Clara Salgado Rufino e sua irmã Carolina Solberg. O sucesso do voleibol rubro negro fez com que o ex-judoca Dartagnan Jatobá se tornasse um dos fundadores da “Raça Rubro Negra", empurrando o time desde 1982[2].

Anos mais tarde, na temporada 2000/2001, a equipe feminina, liderada pelas medalhistas olímpicas Virna e Leila conquistou a Super Liga feminina daquele ano, derrotando o tradicional arqui-rival Vasco da Gama na decisão[7].

O Flamengo disputou a Superliga A até a temporada 2005/2006.

Em 2018, após ficar anos longe das quadras, o Flamengo reativou seu time adulto de vôlei feminino, estreando no Campeonato Carioca e na Superliga C.[8] Após campanha campeã na Superliga C, se classificou para a Superliga B de 2019, e sagrou-se vice-campeão ao ser derrotado na final pelo CC Valinhos, alcançando a promoção a Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 2019–20 - Série A[9].

Voleibol Masculino[editar | editar código-fonte]

Com relação ao masculino, a tradição é apenas regional, apesar de ter disputado Campeonato Brasileiro em algumas oportunidades, mas sempre como figurante. O primeiro dos 19 títulos do campeonato carioca veio em 1949.

Na década de 1950, quando ganhou os Cariocas em 1951, 1953 e 1955, a equipe reuniu atletas de primeira linha, como Antonio Pelosi, Carmen Marques Pereira – Godinha, John O’Shea, João Câncio Neto, Luiz Helena Miceli, Willinton Dias, entre outros, sob a supervisão de Zoulo Rabelo[5]. Esses atletas também conquistaram o Torneio dos Campeões Brasileiros, em Belo Horizonte, em 1952[5].

Na década de 1980, treinados por Radamés Lattari Filho uma equipe masculina formada, entre outros, por Bernard e Bernardinho, foi tetra estadual de 1987 a 1990. Na década de 1990, liderado pelo campeão olímpico Tande[10], o Flamengo conquistou o penta estadual entre 1992 e 1996.

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Equipe Feminina
CR Flamengo - Temporada 2018/2019

Volleyball Half Court.png

Angélica Caboclo
#
Ju Mello
#
Juliana Ribeiro
#
Thainá Soares
#
Luiza Scher
#
Thaís Oliveira
#
Fernanda Oliveira
#
DIRETORIA
Presidente Eduardo Bandeira de Mello
Vice-presidente Alexandre Póvoa
Diretor
Gerente João Pântano
Supervisor
COMISSÃO TÉCNICA
Técnico Alexandre Dantas
Assistente técnico
Auxiliar técnico
Preparador físico
Fisioterapeuta
Médico
Massagista

Atletas[editar | editar código-fonte]

Temporada 2018/2019[editar | editar código-fonte]

# Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Posição
Laura Canedo xxx xx  Brasil Levantador
Rafaela Lima xxx xx  Brasil Levantador
Thaís Oliveira xxx xx  Brasil Levantador
Allana Capella xxx xx  Brasil Oposto
Angélica Caboclo xxx xx  Brasil Oposto
Francyely Lemos Fran Lemos xxx xx  Brasil Oposto
Maria Bárbara Biermann Maria xxx xx  Brasil Oposto
Juliana Ribeiro xxx xx  Brasil Ponta
Natasha Valente xxx xx  Brasil Ponta
Nayara Félix xxx xx  Brasil Ponta
Thainá Soares xxx xx  Brasil Ponta
Juliana Mello Ju Mello xxx xx  Brasil Central
Luiza Scher xxx xx  Brasil Central
Fernanda Oliveira xxx xx  Brasil Líbero
Paola Cascardo xxx xx  Brasil Líbero

Comissão técnica[editar | editar código-fonte]

* Técnico: Alexandre Dantas.

* Assistente Técnico: Abel Martins.

* Auxiliar Técnico: Alexandre Rozenberg

* Preparador Físico: Giovani Ciprandi

* Fisioterapeutas:

* Médico:

* Estatística:

Títulos[editar | editar código-fonte]

[11]

Equipe Masculina[editar | editar código-fonte]

Nacionais
Competição Títulos Temporada
Flag of Brazil.svg Torneio dos Campeões Brasileiros 1 1952
Regionais
Competição Títulos Temporada
Southeast Region in Brazil.svg Copa Sudeste 1 1993
Estaduais
Competição Títulos Temporada
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Campeonato Carioca 19 1949, 1951, 1953, 1955, 1959, 1960, 1961, 1977, 1987, 1988, 1989, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 2005, 2014
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Copa Rio 3 2005, 2006 e 2007

Equipe Feminina[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Temporada
ContinentSouthAmerica.svg Campeonato Sul-Americano de Clubes 1 1981
Nacionais
Competição Títulos Temporada
Flag of Brazil.svg Campeonato Brasileiro 2 1978, 1980
Flag of Brazil.svg Superliga 1 2001[12]
Estaduais
Competição Títulos Temporada
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Campeonato Carioca 9 1938, 1951, 1952, 1954, 1955, 1978, 1979, 1981, 1984

Referências

  1. «Malandragem deu ao Fla o título de "mais querido"». R7. 7 de dezembro de 2009. Consultado em 30 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2014 
  2. a b c DNA Rubro Negro (9 de fevereiro de 2013). «A história do vôlei Rubro Negro». Consultado em 13 de fevereiro de 2014 
  3. amovoleibol.com.br/ Flamengo apresenta time feminino de voleibol
  4. globoesporte.globo.com/ Flamengo se inspira em Virna e conta com roupeira amuleto para voltar ao topo
  5. a b c terra.com.br/ Flamengo 120 anos: Roberto Assaf relembra as glórias dos esportes olímpicos
  6. folha.uol.com.br/ Campeões nacionais feminino de vôlei
  7. dgabc.com.br/ Flamengo vence a Superliga feminina de vôlei de 2001
  8. «FlaVôlei encara disputa da Superliga C em outubro - Flamengo». www.flamengo.com.br. Consultado em 25 de outubro de 2018 
  9. «Vôlei Valinhos vence Flamengo e fica com título». CBV. 13 de abril de 2019. Consultado em 13 de abril de 2019 
  10. «Vôlei - Biografias dos grandes atletas». Consultado em 11 de outubro de 2010. Arquivado do original em 31 de agosto de 2006  |urlmorta= e |ligação inativa= redundantes (ajuda)
  11. Flaestatisticas - Vôlei
  12. flamengo.com.br/ Relembre o título histórico do Mais Querido na Superliga de Vôlei