Maxi Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maximiliano Pereira)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Maxi Pereira
Maxi Pereira
Maxi Pereira em 2014
Informações pessoais
Nome completo Victorio Maximiliano Pereira Páez
Data de nasc. 8 de junho de 1984 (32 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade  uruguaio
Altura 1,73 m
Destro
Apelido Maxi
Informações profissionais
Clube atual Portugal Porto
Número 2
Posição Lateral direito
Clubes de juventude
1998–2002 Uruguai Defensor Sporting
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2002–2007
2007–2015
2015–
Uruguai Defensor Sporting
Portugal Benfica
Portugal Porto
0135 000(26)
0333 000(21)
0054 0000(1)
Seleção nacional3
2005– Flag of Uruguay.svg Uruguai 0117 0000(3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 3 de dezembro de 2016.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de novembro de 2016.

Victorio Maximiliano Pereira Páez, mais conhecido como Maxi Pereira (Montevidéu, 8 de Junho de 1984) é um futebolista uruguaio que atua como lateral direito. Atualmente, representa o FC Porto.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Benfica[editar | editar código-fonte]

Fez sua estreia oficial pelo Benfica a 2 de setembro de 2007, num jogo no Estádio da Madeira frente ao Nacional onde actuou durante toda a partida. Um dos seus momentos altos nessa época foi quando marcou um grande golo no Estádio da Luz frente ao AC Milan, em jogo a contar para a Liga dos Campeões, que terminaria 1–1).

Com a saída de Nélson para o Bétis de Sevilha, Maxi Pereira foi o escolhido para ocupar a posição de lateral direito. Agarrou a oportunidade e tornou-se um dos pilares da defesa do clube e um dos jogadores favoritos dos adeptos.

Maxi Pereira foi um jogador fundamental no jogo defensivo e ofensivo da equipa do Benfica, tanto que dois dias depois de ter ganho a Copa América pelo seu país e de ter sido pai de gémeos, apresentou-se em Lisboa para ajudar a sua equipa a marcar presença na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica homenageou Maxi Pereira por este ser um grande profissional, por ter abdicado das suas férias para ajudar o Benfica a estar na fase de grupos da Liga dos Campeões e por ter ganho a Copa América. No final, o presidente do clube disse que Maxi Pereira era um grande lutador e uma das estrelas do Benfica.

A 1 de Julho de 2015, Maxi Pereira terminou a sua ligação com o Benfica, depois de muito tempo no clube, não renovando o seu contrato. Luís Filipe Vieira afirmou que fez de tudo para convencer o uruguaio a continuar no Benfica.

FC Porto[editar | editar código-fonte]

O FC Porto o contratou em 17 de Julho de 2015.[1]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Estreou pela Seleção Uruguaia principal em 25 de outubro de 2005 em partida amistosa contra o México. Participou das Copas do Mundo de 2010 e 2014.

Em 9 de junho de 2016, na partida contra a Venezuela pela Copa América Centenário, completou 113 partidas pela Seleção e tornou-se o jogador com maior número de partidas disputadas, ultrapassando a marca de Diego Forlán.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Benfica
Seleção Uruguaia

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]