Olaf Thon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Olaf Thon
Olaf Thon
Thon em 2008.
Informações pessoais
Nome completo Olaf Thon
Data de nasc. 1 de maio de 1966 (50 anos)
Local de nasc. Gelsenkirchen,  Alemanha Ocidental
Altura 1,70 m
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1972–1980
1980–1983
Alemanha Ocidental STV Horst-Emscher
Alemanha Ocidental Schalke 04
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1983–1988
1988–1994
1994–2002
Alemanha Ocidental Schalke 04
Alemanha Ocidental/Alemanha Bayern de Munique
Alemanha Schalke 04
157 (56)
148 (30)
166 (10)
Seleção nacional
1983–1984
1984–1985
1984–1998
Bandeira da Alemanha Ocidental Alemanha Ocidental Sub-18
Bandeira da Alemanha Ocidental Alemanha Ocidental Sub-21
Bandeira da Alemanha Ocidental Alemanha Ocidental/Bandeira da Alemanha Alemanha
10 (4)
3 (2)
52 (3)
Times/Equipas que treinou
2010–2011 Alemanha VfB Hüls

Olaf Thon (Gelsenkirchen, 1 de maio de 1966) é um ex-futebolista e treinador de futebol alemão que atuava como meio-campista.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 19 anos como profissional, Thon jogou em apenas 2 equipes: o Schalke 04, onde iniciou a carreira em 1983 e jogaria até 1988, tendo atuado em 157 partidas e marcado 56 gols. No mesmo ano, foi contratado pelo Bayern de Munique, para substituir Lothar Matthäus, recém-contratado pela Inter de Milão. Seu estilo de jogo agradou o técnico Erich Ribbeck, e entre 1989 e 1991, foi tricampeão alemão.

Deixou o Bayern em 1994 com 148 jogos e 30 gols, voltando ao Schalke após ter disputado apenas 15 partidas em sua derradeira temporada com a camisa do time bávaro. Na segunda passagem pelo clube de sua cidade, Thon conquistou mais 2 títulos, na Copa da Alemanha, já na parte final de sua carreira, encerrada em 2002, após uma série de lesões.

Em 2010, virou treinador, tendo comandado o VfB Hüls durante uma temporada.

Seleção Alemã[editar | editar código-fonte]

Com passagem pelas seleções de base da Alemanha Ocidental entre 1983 e 1985, Thon foi convocado pela primeira vez à eqipe adulta em dezembro de 1984, entrando no jogo frente a Malta, pelas eliminatórias da Copa de 1986, a primeira que disputou. Ele, no entanto, ficou apenas como reserva.

Jogou a Eurocopa de 1988 como titular e também participou da Copa de 1990, tendo começado esta última outra vez como reserva, jogando apenas 2 partidas como titular, contra Holanda e Inglaterra, convertendo o último pênalti de sua equipe na vitória sobre o English Team por 4 a 3.

Na gestão de Berti Vogts, com a Alemanha já reunificada, Thon jogou pouco: foram apenas 5 partidas entre 1992 e 1993, tendo inclusive perdido a Copa de 1994 e as Eurocopas de 1992 e 1996 por lesão. Só voltaria a defender a Nationalelf em 1997, participando de 2 jogos, e foi convocado para a Copa de 1998, sendo titular nos 3 jogos da primeira fase, perdendo a vaga a partir das oitavas-de-final. Deixou a seleção logo após a participação na Copa, encerrando a carreira internacional com 52 partidas e 3 gols marcados.

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Bandeira de AlemanhaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas alemães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.