Ultras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Dá-se o nome de ultras a torcedores que apoiam intensamente sua equipe de predileção, muitas vezes se aproximando do comportamento violento dos chamados hooligans.[1]

Casos de violência envolvendo os ultras existem. Normalmente, o torcedor agressor já possui algum histórico de violência e, quando entra em uma torcida, utiliza-a como proteção para seus atos infracionais.

No Brasil, as torcidas organizadas são grupos que atuam de forma parecida aos ultras.

Lista de grupos[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

No Name Boys, os ultras do Sport Lisboa e Benfica, num jogo contra o Getafe Club de Fútbol em 2008
  • Ultras Alcanena (Atlético Clube Alcanenense)

Grécia[editar | editar código-fonte]

França[editar | editar código-fonte]

Bósnia[editar | editar código-fonte]

Rússia[editar | editar código-fonte]

Polónia[editar | editar código-fonte]

Croácia[editar | editar código-fonte]

Espanha[editar | editar código-fonte]

Marrocos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. BBC. Disponível em http://www.bbc.co.uk/newsbeat/article/36528506/who-are-the-russian-ultras-and-how-are-they-different-to-other-football-fans. Acesso em 30 de agosto de 2016.
  2. «Sport Club Internacional». Wikipédia, a enciclopédia livre. 2 de julho de 2020 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ultras
Soccer stub.svg Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.