Ultras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Julho de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Dá-se o nome de ultras a torcedores que apoiam intensamente sua equipe de predileção, muitas vezes se aproximando do comportamento violento dos chamados hooligans.[1]

Casos de violência envolvendo os ultras existem. Normalmente, o torcedor agressor já possui algum histórico de violência e, quando entra em uma torcida, utiliza-a como proteção para seus atos infracionais.

No Brasil, as torcidas organizadas são grupos que atuam de forma parecida aos ultras.

Lista de grupos[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

No Name Boys, os ultras do Sport Lisboa e Benfica, num jogo contra o Getafe Club de Fútbol em 2008

Grécia[editar | editar código-fonte]

França[editar | editar código-fonte]

Bósnia[editar | editar código-fonte]

Rússia[editar | editar código-fonte]

Polónia[editar | editar código-fonte]

Croácia[editar | editar código-fonte]

Espanha[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ultras
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.