EF Eridani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
EF Eridani
Dados observacionais (J2000.0)
Constelação Eridanus
Asc. reta 03h 14m 13.03s
Declinação -22° 35′ 41.4″
Magnit. apar. 14.5-17.3
Outras denominações
EF Eri

EF Eridani (abreviadamente EF Eri, às vezes denominada incorretamente EF Eridanus) é uma estrela variável da classe conhecida como polares, estrelas AM Herculis, ou estrelas variáveis cataclísmicas magnéticas. Historicamente, sua magnitude aparente tem variado entre 14.5 e 17.5, mas desde 1995 ela tem apresentado o mínimo de brilho. O sistema estelar consiste em uma anã branca um objeto subestelar em órbita.

O objeto subestelar orbitando a anã branca é uma estrela que que teve todo o seu gás capturado pela anã branca, exceto a matéria remanescente, um globo de 0.05 massas solares, demasiadamente pequeno para manter a fusão, o qual não possui a composição de um super-planeta, anã marrom, ou uma anã branca. Não há nenhuma categoria para tal remanescente estelar.[1]

Especula-se que há 500 milhões de anos, a anã branca tenha começado a sugar sua estrela companheira, numa época em que se encontravam separadas por 7 milhões de km. Na medida em que perdia massa, a órbita da estrela regular se aproximava cada vez mais, até o momento em que a distância entre elas diminuiu para os atuais 700,000 km.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Beuermann, K.; Wheatley, P.; Ramsay, G.; Euchner, F.; Gänsicke, B. T. (fevereiro de 2000). «Evidence for a substellar secondary in the magnetic cataclysmic binary EF Eridani». Astronomy and Astrophysics Letters. 354: L49-L52. Bibcode:2000A&A...354L..49B. arXiv:astro-ph/0001183Acessível livremente 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]