Edifício Plasco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Edifício Plasco

O Edifício Plasco (em farsi: ساختمان پلاسکو, Sakhteman Plasko) era um prédio de 17 andares localizado em Teerã, capital do Irã. Foi construído em 1962, durante uma década de rápido crescimento econômico do país, pelo destacado empresário Habib Elghanian, que deu ao prédio o nome da sua empresa de plásticos.[1] Quando foi construído, era o edifício o mais alto do Irã[2] e considerado um marco icônico do horizonte da cidade.[1] Tinha uso residencial e comercial, com um grande centro comercial no térreo, um restaurante no andar superior e diversas oficinas de confecções.[3]

O prédio desabou em 19 de janeiro de 2017, durante um grande incêndio que matou cerca de 20 bombeiros e feriu outras 70 pessoas.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Bengali, Shashank; Mostaghim, Ramin (19 de janeiro de 2017). «50 firefighters killed in Iran as burning high-rise collapses». Los Angeles Times. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  2. «Collapse of burning building kills dozens of firefighters». CBS News. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 20 de janeiro de 2017 
  3. «A 17-story apartment block has reportedly collapsed in Tehran». NBC News (em inglês). Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  4. «Prédio de 15 andares em Teerã desaba após incêndio». UOL. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 20 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Irã é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.