Eduardo Corona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eduardo Corona (Porto Alegre, 1921 - São Paulo, 2001) foi um arquiteto e professor brasileiro.

Filho e neto de arquitetos espanhóis famosos, respectivamente Fernando Corona e Jesús Maria Corona que se estabeleceram no Rio Grande do Sul.[1] É irmão do também arquiteto Luís Fernando Corona que projetou o projeto do Palácio da Justiça de Porto Alegre.[1]

Formado em 1946 na Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil.[1] Estagiou e trabalhou no escritório de Oscar Niemeyer de 1945 a 1949[1], onde participou do detalhamento do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, em especial da igreja de São Francisco de Assis; do projeto do prédio do Banco Boavista, no Rio de Janeiro; e do projeto do Instituto Tecnológico de Aeronáutica, em São José dos Campos.[2]

Foi Secretario Geral do Instituto de Arquitetos do Brasil e responsável direto pela realização, em Porto Alegre, do II Congresso Brasileiro de Arquitetos, em 1948.[1]

Em 1949 iniciou sua carreira de professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo onde permaneceu até seu falecimento, em 2001.[2]

Projetou, em colaboração com Adolpho Rubio Morales, o prédio da Rádio e Televisão Bandeirantes em São Paulo, em 1961.[2] Seus principais projetos são o Planetário do Ibirapuera (1954) e o edifício dos cursos de história e geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (1961).

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Dicionário da arquitetura brasileira (1972), em colaboração com Carlos Lemos[2]
  • Oscar Niemeyer: uma lição de arquitetura (2001)[2]

Referências

  1. a b c d e ALVAREZ, Cicero; SILVA, Marcos Miethicki da. «Arquitetura Moderna em Porto Alegre na década de 1950: a modernidade como patrimônio na cidade contemporânea» (PDF). Consultado em 7 jan 2013 
  2. a b c d e «Eduardo Corona». Dicionário de Artistas do Brasil. Consultado em 7 jan 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.