Efeito quântico de Zenão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O efeito quântico de Zenão (também conhecido como o paradoxo de Turing) é uma característica dos sistemas mecânicos quânticos permitindo que a evolução do tempo de uma partícula seja interrompida medindo-a com freqüência suficiente em relação a alguma configuração de medição escolhida.[1] Às vezes, esse efeito é interpretado como "um sistema não pode mudar enquanto você o observa"[2][3].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.