Elcasaitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Elcasaismo)
Ir para: navegação, pesquisa

Os elcasaitas ou elkasaitas eram uma seita judaico-cristão de tendência gnóstica que apareceu na região da Pérsia segundo um denominado Elkasaï que recusa a divindade de Jesus para só integrar o seu messianismo, pelo que o chamam anjo Jesus.

Doutrina[editar | editar código-fonte]

Segundo os Elcasaitas, Cristo transmigrou de corpo em corpo a partir de Adão para integrar finalmente a de Jesus, segundo um processo chamado de metempsicose.

Paralelamente, os elcasaitas recusam certas passagens do Antigo Testamento assim como o dos evangelhos e não suportam as palavras do Livro do Apocalipse do Apóstolo João.

Elkasai[editar | editar código-fonte]

A seita judaico-cristã dos Elcasaitas, com características mágico-astrológicas aparecem cerca do ano 100 na Jordânia, foi fundada por um certo Elkasai [nota 1]- cuja grafia segundo Santo Agostinho, provém de falso profeta, um certo Elci - e cujas familiares mulheres eram adoradas como deusas.

Elkasai escreveu o seu próprio livro sagrado, o Livro de Elkasai lhe teria sido inspirado por um anjo que se proclamava Filho de Deus e cuja doutrina foi espalhada em Roma pelo seu discípulo Alcibiade de Apameia

Elcasaismo[editar | editar código-fonte]

O elcasaismo deu origem ao maniqueísmo, cujo fundador Mani [1] foi educado perto de Ctesifonte na Mesopotâmia numa comunidade batista provavelmente elkasaíta. Como prova o facto de extractos do Apocalipse de Elkasaï se encontrarem no Códex de Mani, conhecido como Vita Mani.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Outras grafias : Elcasaiti, Elkasaiti, Elchasai - Eresie; Elcasaiti (em italiano)

Referências

  1. Simon Claude Mimouni, Les chrétiens d'origine juive dans l'antiquité, Paris, Albin michel, p. 228.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]