Eleições parlamentares na Etiópia em 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Etiópia

As eleições parlamentares etíopes de 2010 foram realizadas em 23 de maio.

Resultados[editar | editar código-fonte]

O Conselho Eleitoral do país confirmou a vitória arrasadora do primeiro-ministro Meles Zenawi no pleito, contestada pelos partidos de oposição e criticada pela União Europeia e pelos Estados Unidos. Os números oficiais confirmam os resultados iniciais, dando ao partido governista Frente Revolucionária Democrática do Povo Etíope e a seus aliados 545 dos 547 assentos do parlamento. Mesmo com as acusações de fraude, a Suprema Corte da Etiópia e conselho eleitoral do país rejeitaram os pedidos dos partidos de oposição para a realização de uma nova eleição. O maior grupo de oposição do país, o Medrek, que agrupa oito partidos, ganhou um único assento e um candidato independente ganhou outro. O Medrek e o Partido da Unidade de Toda Etiópia denunciaram a ocorrência de intimidação pré-eleitoral e compra de votos.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
2005
Eleições na Etiópia
2010
Sucedido por
2015