Eliana Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliana Cardoso
Nascimento 28 de fevereiro de 1944 (75 anos)
Belo Horizonte
Cidadania Brasil
Alma mater Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Ocupação economista

Eliana Cardoso é uma economista e escritora brasileira, nascida em Belo Horizonte.

Formada pela PUC-RJ em 1972, é PhD em economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). Trabalhou no Departamento de Pesquisa do Fundo Monetário Internacional. Também teve importante atuação no Banco Mundial, como economista chefe para a Ásia do Sul, economista chefe na China e gerente setorial para a América Latina.

Na carreira acadêmica, foi catedrática da Tufts University e professora visitante do MIT e das universidades de Yale e Georgetown, além de professora titular da Fundação Getulio Vargas.[1][2][3]

Autora de diversos livros sobre economia, estreou na ficção em 2014 com a novela Bonecas Russas.[4][5] Em 2016 publicou Nuvem Negra.[6][7] Sopro na Aragem, 2017, é uma coletânea de ensaios.[8] Venceu a 3ª edição do Prêmio Kindle de Literatura com Dama de paus.[9]

Obras[editar | editar código-fonte]

Ficção[editar | editar código-fonte]

  • Bonecas Russas - Companhia das Letras, 2014 Finalista no Prêmio São Paulo em 1915.
  • Nuvem Negra - Companhia das Letras, 2016.
  • Dama de paus - Autopublicado pelo Kindle Direct Publishing em 2018. Vencedor da 3ª edição do Prêmio Kindle de Literatura.

Não-ficção[editar | editar código-fonte]

  • Sopro na Aragem - Editora Córrego, 2017
  • Mosaico da Economia - Saraiva, 2010
  • Fábulas Econômicas - Pearson, 2006 Recebeu o prêmio “Troféu de Cultura Econômica” do Jornal do Comércio do Rio Grande do Sul em 2006.
  • Monetary Policy and Exchange Rate Regimes: Options for the Middle East - American University (Cairo), 2002 (com A. Galal)
  • Latin America's Economy: Diversity, Trends and Conflicts - MIT Press, 1992 (com A. Helwege). Recebeu menção honrosa em 1992 da Professional/Scholarly Publishing Awards sponsored by the Association of American Publishers e foi publicado em espanhol como La economia lationoamericana, Mexico: Fondo de Cultura Economica, 1993.
  • Cuba after Communism - MIT Press, 1992 (com A. Helwege)
  • A Macroeconomia da Dívida Externa - Brasiliense, 1989 (com A. Fishlow)
  • A Economia Brasileira ao Alcance de Todos - Brasiliense, 1985

Referências

  1. Professores - Eliana Cardoso. FGV
  2. Colunistas -Eliana Cardoso. Valor Econômico
  3. Eliana Cardoso. World Bank - Profiles (em inglês)
  4. Bonecas russas, de Eliana Cardoso. Digestivo Cultural, 21 de agosto de 2014
  5. «Vidas paralelas». Valor Econômico 
  6. «Uma vida sem economia». Valor Econômico 
  7. «Jornal Rascunho». rascunho.com.br. Consultado em 7 de março de 2017 
  8. «Eliana Cardoso lança coletânea de ensaios». Valor Econômico 
  9. «Casos de feminicídio inspiram 'Dama de paus', romance vencedor de prêmio da Amazon». O Globo. 26 de fevereiro de 2019. Consultado em 1 de março de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]