Elisabetta Sirani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Elisabetta Sirani
Nascimento 8 de janeiro de 1638
Bolonha
Morte 28 de agosto de 1665 (27 anos)
Bolonha
Sepultamento Basílica de São Domingos
Etnia Italianos
Progenitores
  • Giovanni Andrea Sirani
Irmão(s) Anna Maria Sirani, Barbara Sirani
Ocupação pintor, gravador
Obras destacadas Portrait of Vincenzo Ferdinando Ranuzzi as Amor
Movimento estético barroco

Elisabetta Sirani (Bolonha, 8 de janeiro de 1638 — Bolonha, 28 de agosto de 1665) foi uma pintora e gravurista barroca italiana. Pioneira para o contexto feminino durante a modernização de Bolonha, morreu de causas inexplicáveis aos 27 anos.[1][2][3][4][5]

Referências

  1. Modesti, 1-2.
  2. Marter, Joan; Barlow, Margaret (1 de janeiro de 2012). «Parallel Perspectives». Woman's Art Journal. 33 (2). 2 páginas. JSTOR 24395282 
  3. Malvasia 1678, Vol II, 453 and Dabbs 122.
  4. Barker, Sheila (2016). «Elisabetta Sirani 'Virtuosa': Women's Cultural Production in Early Modern Bologna». Renaissance Quarterly. 69 (2): 658–659. doi:10.1086/687630 
  5. Vera Fortunati Pietrantonio (1998). Lavinia Fontana of Bologna (1552–1614). Catalogo della mostra (Washington, The National museum of women in the arts, 5 febbraio-7 giugno 1998). [S.l.]: Mondadori Electa. ISBN 978-88-435-6394-4 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.