Emissão de positrões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diferentes formas de desintegração radioactiva : radioactividades α -, β e β+, captura eletrónica ε, emissão neutrónica n, e emissão protónica p.

emissão de positrões ou desintegração β+ é um tipo de desintegração radioactiva β , em que um protão é convertido num neutrão, com emissão de uma partícula β+ (positrão) e dum neutrino[1]:

Mecanismo de emissão[editar | editar código-fonte]

Os protões e neutrões não são partículas elementares, mas são, cada uma constituídas por três quarks : um protão é composto por dois quark up de carga +2/3 e por um quark down de carga −1/3 (uud), o que lhe confere uma carga de +1 ; um neutrão é constituído por dois quarks down e um quark up (udd), com carga nula. Esses quarks são capazes de alterar a sua natureza, em particular, de up para down. É este fenómeno que produz uma radiação β: nesta circunstância, no caso de uma desintegração β+, um quark up torna-se num quark down, mudando de um protão para um neutrão, com a emissão de um bosão W+ :

Esta reacção é imediatamente seguida pela desintegração do bosão  num positrão (ou partícula β+)[2] e um neutrino :

Referências

  1. The University of North Carolina at Chapel Hill. «Nuclear Chemistry» (em inglês). Consultado em 14 de junho de 2012. 
  2. (em inglês) How it works:Positron emission
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.