Energy Star

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O logotipo Energy Star indica que o produto obteve a certificação energética.

Energy Star é um padrão internacional para o consumo eficiente de energia originado nos Estados Unidos. Ele foi criado pelo governo norte americano no início da década de 90. Outros países, no entanto, como Austrália, Canadá, Japão, Nova Zelândia, Taiwan e a União Europeia também adotaram o programa.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1992, a Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos Estados Unidos (EUA) lançou o Energy Star (literalmente, "Estrela de Energia"), um programa voluntário de certificação destinado a identificar e promover produtos energeticamente eficientes para que consumidores possam economizar dinheiro gasto em contas de luz e reduzir as emissões de gases causadores do efeito de estufa. Computadores e monitores foram os primeiros produtos a receberem a certificação.

Em 1995, a EPA expandiu a certificação para os demais equipamentos de escritório e incluiu produtos de climatização. Já em 1996, a EPA, em parceria com o Departamento de Energia dos EUA criou categorias diferentes para cada produto. Atualmente a certificação abrange equipamentos de escritório, iluminação, eletrodomésticos, construções residenciais, comerciais, plantas de industrias, e diversas outras categorias.

Através de suas parcerias com mais de 15 mil organizações públicas e privadas do setor, o Energy Star fornece as informações técnicas e ferramentas para obter soluções energeticamente eficazes, além de melhores práticas de gestão. O Energy Star estabelece com sucesso eficiência energética e redução de custos nos EUA, fazendo com que as empresas, organizações e consumidores poupem cerca de 19 bilhões de dólares em 2008. Durante a última década, o Energy Star tem sido uma força motriz por trás da mais ampla utilização de inovações tecnológicas tais como lâmpadas fluorescentes mais eficientes, sistemas de gerenciamento de energia para equipamentos de escritório, e baixo consumo de energia em modo de espera.

A eficiência energética continua ganhando espaço na mídia e gera uma grande preocupação entre os consumidores. Por isso, o programa fornece um selo de confiança em mais de 60 categorias de produtos (e milhares de modelos) para o lar e escritório. O selo garante a um produto o mesmo ou ainda um melhor desempenho que outros equipamentos similares que não seguem o padrão do Energy Star.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]