Equéstrato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Equéstrato foi rei de Esparta até 870 a.C. (1024 a.C., segundo Jerônimo de Estridão[1] ). Ele foi o filho e sucessor de Ágis I[2] , e foi sucedido por seu filho Leobates[3] .

Durante seu reinado, os lacedemônios atacaram a Cenuria , removendo os homens de idade militar, com a alegação de que este território estava sendo usado para atacar a Argólida, e os argivos eram parentes dos espartanos[2] . No reinado de Leobates, a ocupação da Cenuria por Argos foi motivo da primeira primeira guerra entre Esparta e Argos[3] .

Segundo Heródoto, Licurgo, irmão de Equéstrato, foi o guardião de Leobates, e durante o seu período de regência ele modificou todas as leis de Esparta, que eram as piores leis de todos os helenos, para as leis que prevaleceram a partir de então.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Ágis I
Rei ágida de Esparta
900 - 870 a.C.
Sucedido por
Leobates

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências