Erígio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Erígio (? — 328 a.C.) foi um dos generais de Alexandre, o Grande.

Quando Alexandre cruzou o Helesponto, Erígio era o comandante de uma força de seiscentos cavaleiros gregos.[1] Segundo C. Bradford Welles, tradutor de Diodoro Sículo para a língua inglesa,[carece de fontes?] este dado está errado, e o comandante destas forças era Alexandre de Lincéstide.[2]

Quando Satirbazanes retornou da Báctria com uma grande força de cavalaria para Areia, Alexandre enviou uma força sob o comando de Erígio e Stasanor para combatê-lo.[3] Satirbazanes se distinguia por sua capacidade de general e por sua bravura, e houve várias escaramuças entre as tropas.[4] Satirbazanes levantou suas mãos e tirou o elmo, para mostrar quem ele era, e desafiou qualquer general macedônio para um duelo;[5] Erígio aceitou, e houve uma luta heroica entre os dois, na qual Erígio foi o vencedor.[6] Vendo seu comandante morto, os iranianos se renderam.[6]

Referências

  1. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 17.4
  2. C. Bradford Welles, tradução de Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 17.4, Nota 4 [em linha]
  3. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 81.3
  4. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 84.4
  5. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 84.5
  6. a b Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVII, 84.6