Ernestina Augusta de Saxe-Weimar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ernestina Augusta
Duquesa de Saxe-Hildburghausen
Princesa de Saxe-Weimar
Duquesa de Saxe-Hildburghausen
Reinado 1 de julho de 1758
a 23 de setembro de 1780
Predecessor Cristiana de Brandemburgo-Bayreuth
Sucessor Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz
Marido Ernesto Frederico III, Duque de Saxe-Hildburghausen
Descendência
Sofia de Saxe-Hildburghausen
Cristina Sofia de Saxe-Hildburghausen
Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo
Casa Wettin
Pai Ernesto Augusto I, Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Mãe Sofia Carlota de Brandemburgo-Bayreuth
Nascimento 4 de janeiro de 1740
Weimar, Ducado de Saxe-Weimar
Morte 10 de junho de 1786 (46 anos)
Hildburghausen, Ducado de Saxe-Hildburghausen
Religião Luteranismo

Ernestina Augusta de Saxe-Weimar (em alemão Ernestine Auguste Sophie von Sachsen-Weimar) (Weimar, 4 de janeiro de 1740 - Hildburghausen, 10 de junho de 1786), foi duquesa de Saxe-Weimar e duquesa de Saxe-Hildburghausen pelo casamento.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ernestina era a única filha de Ernesto Augusto I, Duque de Saxe-Weimar-Eisenach (eleitor de Saxe-Weimar-Eisenach entre 1728 e 1748) e de sua segunda esposa, a princesa Sofia Carlota de Brandemburgo-Bayreuth. Do primeiro casamento de seu pai nasceram cinco filhos, mas somente duas chegaram à idade adulta: Ernestina Albertina e Bernardina Cristiana.

Casamento e vida posterior[editar | editar código-fonte]

Assim como suas irmãs, Ernestina também teve seu casamento acertado por um acordo matrimonial com um príncipe alemão, na intenção de criar alianças com os vários estados que compunham o Sacro Império Romano-Germânico. O príncipe em questão era Ernesto Frederico III, Duque de Saxe-Hildburghausen, que havia se tornado eleitor de Saxe-Hildburghausen em 1745. O matrimônio foi celebrado em Bayreuth no dia 1 de julho de 1758.

Ernesto Frederico já havia se casado duas vezes: a primeira vez com Luísa da Dinamarca e Noruega, falecida em 1756 e a segunda vez com Cristiana de Brandemburgo-Bayreuth, falecida em 1757. Dos casamentos anteriores nasceram duas filhas, mortas na primeira infância.

Carl Barth descreveu a duquesa da seguinte forma: "... apesar de um dos seus olhos fechar ligeiramente, era uma senhora bonita e bem constituída que gostava muito e se entretinha com música (toca trompa, flauta e violinoǃ). Lutava, andava a cavalo, caçava a cavalo e a pé como um homem, normalmente vestida com um fato de amazona com calças justas de camurça, e sentava-na no cavalo em estilo de amazona. Foi ela quem dirigiu pessoalmente os exercícios de cavaleiro do príncipe-herdeiro."[1]

Christian Friedrich von Stocmeier (m. 1807) foi nomeado seu mordomo. As suas políticas melhoraram a situação financeira difícil do país, mas não conseguiram impedir a sua bancarrota. Em 1769, o país foi colocado sob sequestro imperial e foi enviada uma comissão para tentar consolidar a sua situação financeira.

Após a morte do seu marido em 1780, Ernestina retirou-se completamente da vida pública. Passou a viver na chamada casa Fischbergsche no mercado de Hildburghausen e dedicou-se principalmente à música. Foi o príncipe José de Saxe-Hildburghausen o principal responsável pela educação do seu filho, que era ainda menor de idade quando o pai morreu.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ernestina Augusta teve três filhosː

  1. Sofia de Saxe-Hildburghausen (22 de Fevereiro de 1760 - 28 de Outubro de 1776), casada com Francisco, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld; sem descendência.
  2. Cristina Sofia de Saxe-Hildburghausen (3 de Dezembro de 1761 - 10 de Janeiro de 1790), casada com o príncipe Eugénio de Saxe-Hildburghausen; sem descendência.
  3. Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo (29 de Abril de 1763 - 29 de Setembro de 1834), duque de Saxe-Hildburghausen e, depois, de Saxe-Altemburgo; casado com a princesa Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz; com descendência.

Morte[editar | editar código-fonte]

A duquesa-viúva de Saxe-Hildburghausen morreu aos quarenta e seis anos de idade, em 10 de junho de 1786, em Hildburghausen.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Ernestina Augusta de Saxe-Weimar em três gerações[2]
Ernestina Augusta de Saxe-Weimar Pai:
Ernesto Augusto I, Duque de Saxe-Weimar-Eisenach
Avô paterno:
João Ernesto III, Duque de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
João Ernesto II, Duque de Saxe-Weimar
Bisavó paterna:
Cristina Isabel de Schleswig-Holstein-Sonderburg
Avó paterna:
Sofia Augusta de Anhalt-Zerbst
Bisavô paterno:
João IV, Príncipe de Anhalt-Zerbst
Bisavó paterna:
Sofia Augusta de Holstein-Gottorp
Mãe:
Sofia Carlota de Brandemburgo-Bayreuth
Avô materno:
Jorge Frederico Carlos, Marquês de Brandemburgo-Bayreuth
Bisavô materno:
Cristiano Henrique, Marquês de Brandemburgo-Bayreuth-Kulmbach
Bisavó materna:
Cristina Isabel de Schleswig-Holstein-Sonderburg
Avó materna:
Doroteia de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Bisavô materno:
Frederico Luís, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
Bisavó materna:
Luísa Carlota de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg

Referências

  1. Heinrich Ferdinand Schöppl: The Dukes of Saxe-Altenburg, Bolzano 1917, reprint Altenburg 1992 p. 73
  2. «Ernst August II Konstantin von Sachsen-Weimar-Eisenach, Herzog». geni_family_tree. Consultado em 2016-05-03. 
  • Schoeppl, H.F.: Die Herzoge von Sachsen-Altenburg. Bozen 1917, Neudruck Altenburg 1992
  • Human, R.A.: Chronik der Stadt Hildburghausen. Hildburghausen 1886
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.