Erosão fluvial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A erosão fluvial é a erosão causada pelas águas dos rios que provoca desgaste nos planaltos , dentre outros relevos e removem porções do solo das margens dos rios, provocando um deslizamento de terra. Por isso o rio pode mudar de forma muito parecida com a erosão pluvial, que é causada pela chuva.Essa erosão é causada pelas águas que correm nos rios, que pode causar o desmoronamento de barrancos. Com o próprio curso do rio pode ser alterado por causa da erosão. Assim, na fase inicial da erosão, devido a grande declividade do terreno, pode acontecer com mais intensidade, na fase mais avançada acontece transporte de sedimentos, já na fase final ocorre o processo de acumulação de tais sedimentos,as águas dos rios escavam o leito formando vales profundos transportam materiais e depositam nas partes mais baixa.Ao chegarem ao final do percurso,na foz das águas depositam grande quantidade de sedimentos criando formas. A erosão fluvial pode mudar o curso do rio, gerando os chamados meandros. Um exemplo da erosão fluvial é o Grand Canyon, localizado no Arizona, Estados Unidos. Ele é resultado da erosão fluvial do rio Colorado. Vale lembrar, que essas alterações no relevo levam muito tempo para acontecer, cerca de milhões de anos.

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.