Escola de Comando e Estado Maior de Polícia (Bramshill)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Police Staff College (Bramshill)
Policial britânico
Visão geral
Nome completo Police Staff College
Fundação 1948 (66 anos)
Tipo Escola de altos estudos de polícia (organização civil)
Subordinação Governo do Reino Unido
Direção superior Ministério do Interior
Chefe Comandante
Estrutura operacional
Sede Bramshill House
Hampshire Reino Unido
Portal da polícia
editar

Escola de Comando e Estado Maior de Polícia (Bramshill), ou Police Staff College, em língua inglesa, localizada em Bramshill, na Bramshill House, condado de Hampshire, no Reino Unido, é a principal escola de altos estudos de polícia no país.

A necessidade de um centro de aperfeiçoamento para a polícia foi percebida por Sir Frank Newsam, subsecretário do Ministério do Interior, que trabalhou para institui-lo logo após a Segunda Guerra.

Criada em 1948 como Academia Nacional de Polícia (National Police College), designação que conservou até 1979, foi instalada, inicialmente, em Ryton-on-Dunsmore, Warwickshire, sendo transferida para Bramshill em 1960.[1]

A Escola de Bramshill é governada por uma junta de dirigentes (Board of Governors) designados pelo Ministro do Interior em conjunto com autoridades locais. Possui um dirigente administrativo e acadêmico chamado de Comandante, este auxiliado pelo subcomandante e assistentes.

Ministra cursos de comando, básicos, intermediários ou superiores para inspetores, inspetores chefes, superintendentes e superintendentes chefes. Tem um curso especial para sargentos.

Em 2001, Bramshill tornou-se parte do Centrex (Central Police Training and Development Authority), Centro de Treinamento e Desenvolvimento Policial, instituído pela Lei de Justiça e Polícia de 2001, capítulo 4 (Criminal Justice and Police Act 2001, Part 4).

Passou a ser uma agência da União Europeia em 2005, o Secretariado do CEPOL (Collège européen de police, em francês ou European Police College, em língua inglesa), que é a atual Academia Europeia de Polícia.[2]

Anos mais tarde, em 2007, o Centrex foi substituído pela Agência Nacional de Aperfeiçoamento Policial (National Policing Improvement Agency), com atribuições de oferecer suporte para especializações nas áreas de pesquisa criminal, treinamento, infraestrutura policial e no desenvolvimento de novas tecnologias policiais e periciais.[3]

Referências