Estádio Partizan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estádio Partizan
Panoramic of Partizan Stadium.png

Nomes
Apelido Фудбалски храм / Fudbalski hram
(O Templo do Futebol)
Antigos nomes Estádio da JNA (1951-1989)
Características
Local Belgrado, Sérvia
Gramado Grama (105 x 68)
Capacidade 32,710
Construção
Data 1948-1951
Inauguração
Data 22 de dezembro de 1951
Outras informações
Remodelado 1998, 2010, 2014, 2015
Administrador Partizan
Arquiteto Mika Janković
Mandante Partizan (1949-presente)
Estrela Vermelha (1960-1963)
Seleção Sérvia de Futebol

O Estádio Partizan (Em Sérvio: Стадион Партизана / Stadion Partizana) é um estádio localizado em Belgrado, na Sérvia, [1] que tem capacidade para 32,710 pessoas. Situado no monte Topčider, na rua Humska 1, é o estádio do Partizan Belgrado. Além disso, foi o lar do principal rival do Partizan, o Estrela Vermelha, de 1959 a 1963, quando se mudaram para o Estádio Marakana. [2]

Ele foi chamado de JNA Stadium por um longo período de tempo. Ainda hoje, a maioria dos fãs o chamam pelo seu antigo nome. Os fãs do Partizan também chamam de Fudbalski hram (o templo do futebol).

O estádio tem quatro arquibancadas: o sul, o norte, o oeste e o leste.

Havia planos para substituir o atual estádio por um novo. As empresas suíças Mob Lab e Marazzi-Paul apresentaram um projeto de um estádio de 38 mil lugares. A construção deveria começar em 2006, mas foi adiada e depois cancelada.

História[editar | editar código-fonte]

A construção do estádio foi iniciada após a Segunda Guerra Mundial, foi projetado para ser um estádio de 25.000 lugares que hospedaria a equipe nacional iugoslava, bem como o BSK Beograd.

O estádio foi construído com a ajuda do exército popular jugoslavo, no período entre 1948 e 1951. Embora o estádio não estivesse completamente terminado, o primeiro jogo foi a Jugoslávia contra a França em 9 de outubro de 1949, que terminou 1-1. O estádio foi oficialmente aberto no dia do exército jugoslavo, em 22 de dezembro de 1951. 

De 1957 a 1987, o estádio foi o local do desfile do Dia da Juventude. Em 1 de abril de 1957, o estádio recebeu seu primeiro painel eletrônico. A Primeira vez que foi usado foi em uma partida entre Partizan e Vardar Skoplje em 30 de novembro de 1957. 

Em abril de 1989, o Partizan Belgrado comprou o estádio do exército da Iugoslávia e assim se tornou o dono. O nome do estádio foi oficialmente alterado para Estádio Partizan. O estádio tinha uma capacidade de 50.000 antes de entrar em vigor o novo regulamento de segurança da UEFA. Foi renovado em 1998, e tem uma capacidade de 32.710 desde então. 

Em setembro de 2010, o estádio do Partizan foi reorganizado para a Champions League. Devido aos padrões da UEFA, as cercas nos estandes do leste e oeste foram encurtadas de 2,25m para 0,70m. O campo de futebol foi ampliado em 1 metro quadrado. Foram montados novos e modernos holofotes e foram construídas novas cabines de transmissão no topo do suporte ocidental. 

O jogo da Liga dos Campeões do Partizan contra o Arsenal em 20 de setembro foi quase adiado devido a dois dos holofotes do estádio terem falhado. No entanto, um deles foi consertado e o árbitro, Wolfgang Stark, deu o consentimento para que o jogo seja jogado com apenas 3 holofotes.

Em março de 2012, o antigo painel foi substituído por um novo display LED após 55 anos de serviço. Em 7 de setembro de 2012, o Partizan Belgrado anunciou um acordo de patrocínio entre o Grupo Carlsberg e o clube, que inclui também a colocação de cadeiras pretas e brancas em todo o estádio. 

Estruturas e instalações[editar | editar código-fonte]

O Estádio Partizan tem 32.710 lugares divididos entre quatro arquibancadas: o sul, norte, oeste e leste. 

As arquibancadas têm uma altura de 21 metros (69 pés) e uma extensão de 236 metros (774 pés) de comprimento (norte-sul) e 150 metros de largura (leste-oeste). Existem 30 filas de assentos e 30 portas de entrada e saída para espectadores. O campo de jogo mede 105 por 68 metros (344 pés x 223 pés) e é iluminado a 1.400 lux (Philips). 

O estádio tem dois campos de grama, um campo de treinamento com vestiários, centro de imprensa e restaurante. Dentro do complexo do estádio são também 18 campos de ténis, boxe, campo de tiro, ginásio, centro médico e área comercial. 

Novo estádio proposto[editar | editar código-fonte]

Em 2006, o estádio atual deveria ser redesenhado pela empresa suíça Mob Lab. A capacidade do novo estádio do Partizan teria sido aproximadamente 38.000 lugares com um moderno parque empresarial cheio de hotéis, prédios de escritórios, quadras de tênis e cinema multiplex.

Outros usos[editar | editar código-fonte]

Ao lado dos eventos esportivos, o estádio é também um lugar para diversos shows. As instalações do estádio e a acústica atendem às demandas de artistas locais e superstars internacionais.

  • Metallica tocou no estádio durante sua Madly in Anger com o World Tour em 15 de junho de 2004, com Van Gogh como o ato de abertura, em frente a aproximadamente 25 mil pessoas.
  • O AC / DC realizou no estádio durante o seu Black Ice World Tour em 26 de maio de 2009, com Amajlija e The Answer como atos de abertura, em frente a aproximadamente 40 mil pessoas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Google Maps». Google Maps. Consultado em 10 de dezembro de 2017 
  2. «World Stadiums - Stadion Partizana Stadium in Beograd». www.worldstadiums.com. Consultado em 10 de dezembro de 2017