Exatidão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em estatística, economia, psicologia, engenharia e ciência, exatidão consiste no grau de conformidade de um valor medido ou calculado em relação à sua definição ou com respeito a uma referência padrão.

Pode ser demonstrada pela comparação dos resultados obtidos com o material de referência padrão ou com outro método validado cujo erro regular não é significativo. Outra forma de investigação é comparar a média dos resultados obtidos com a média obtida do programa inter-laboratorial, ou ainda por meio de estudos de recuperação de quantidades conhecidas do analito adicionado na matriz limpa da amostra ou ainda na matriz da amostra.

Exatidão no Jornalismo[editar | editar código-fonte]

A exatidão é um valor fundamental tanto para os jornalistas quanto para o público.O compromisso em "relatar exatamente o que aconteceu" faz com que o jornalistas precisem criar procedimentos e checagens que minimizem erros.Estes erros podem ser matemáticos(números errados ou mal-interpretados),objetivos (nomes,datas e locais) e subjetivos (distorções e exageros).Erros mesmo que aparentemente pequenos podem abalar a credibilidade de um jornal junto a seu público leitor.

Alguns fatores importantes para que um jornal possa garantir maior exatidão nas informações que publica:

  • A capacidade da redação em relação ao número de repórteres e redatores;
  • Profissionais competentes que possuam conhecimento funcional dos assuntos que cobrem;
  • Aprimoramento profissional constante.

A justificativa para que as empresas jornalísticas considerem a exatidão como algo importante é que ela influencia na percepção de credibilidade, que por sua vez age sobre a sustentabilidade da circulação.Ou seja, em última instância, o descompromisso com a exatidão pode até levar um jornal à falência.[1]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. MEYER, Philip. Os jornais podem desaparecer? : como salvar o jornalismo na era da informação. Tradução:Patrícia De Cia. São Paulo:Contexto,2007.