Faliscos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os faliscos (em latim falisci) foram uma antiga tribo italiana. Eram de origem sabino, mas falavam uma língua itálica, o falisco, muito semelhante ao latim. Habitavam a cidade de Faleria, além de uma considerável extensão do campo circundante, provavelmente até incluir a pequena cidade de Capena, a sul.

Apesar da dominação etrusca, os faliscos conservaram muitos traços da sua origem itálica, tais como a adoração das divindades Juno Quiritis[1]) e Ferônia,[2] o culto de Dis Soranus pelos hírpios, ou os sacerdotes saltadores do fogo no monte Sorate,[3][4] e, sobretudo, a sua língua.

Referências

  1. Ovídio, Fastos, VI, pág. 49
  2. Tito Lívio, XXVI, pág. 11
  3. Plínio, Historia Natural, VII, p. 2, 19
  4. Sérvio, ad Aen. XI, 785, 787

Ver também[editar | editar código-fonte]