Febre catarral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A febre catarral, ou língua azul, é uma doença, causada por um vírus transmitido por insectos, que afecta gado (ruminantes, maioritariamente ovelhas, mas também bovinos, cabras, búfalos, veados, dromedários e antílopes. Não há registos de infecção de seres humanos.

Patogéneo[editar | editar código-fonte]

O vírus patogénico, arbovírus da língua azul do género Orbivurus, é um membro da família Reoviridae. Até 2017 foram descritos 27 serotipos. É transmitido por um mosquito, Culicoides imicola e outros culicóides.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A doença foi reconhecida há mais de 100 anos na África do Sul, sendo considerada enzoótica em todas as regiões tropicais e temperadas do mundo. No entanto, têm sido descritas alterações regionais drásticas recentes na distribuição global do vírus, sobretudo na Europa, desde 1998[1].

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, encontram-se atualmente em circulação apenas dois serótipos, serótipo 1 em todo o território continental e o serotipo 4 na região do Algarve.

Referências

  1. Monteiro, Marina (2017). Monitorização de Anticorpos IgG contra o vírus de Língua Azul em ovelhas Serra da Estrela em quatro concelhos da Beira Interior, Mestrado em Tecnologias da Produção Animal, Instituto Politécnico de Viseu.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.