Fenômeno físico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Fenômeno físico (em grego: φαινόμενoν; transl.: phainomenon; do verbo φαίνειν, phainein, mostrar, brilhar, aparecer, a ser manifesto ou manifestar-se, plural phenomena)[1] é toda e qualquer ocorrência física observável relativa a matéria, energia ou espaço-tempo.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • O fogo;
  • A fusão do gelo;
  • A ebulição da água;
  • Congelamento de um lago;
  • Derretimento do gelo.
  • Gravidade
  • Propagação de Calor
  • Dilatação Térmica
  • Som (ondas acústicas)
  • Inércia
  • Dilatação do tempo (de acordo com a teoria da relatividade)

Explicação[editar | editar código-fonte]

São os que se relacionam com a luz, o som, o magnetismo, a eletricidade etc. Eles não alteram a composição nem as propriedades químicas das substâncias.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Phenomenon/Phenomena». Dictionary of Visual Discourse: A Dialectical Lexicon of Terms (em inglês). 2011. Consultado em 30 de agosto de 2016.