Gelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gelo (desambiguação).

O gelo (do latim gelu) é o estado sólido da água cristalizada no sistema hexagonal.[1] Seu aspecto é vítreo e semitransparente. A sua densidade é inferior à da água, ficando em 0,9178 gramas por centímetro cúbico. O seu ponto de fusão é de 0 grau Celsius a uma atmosfera de pressão. A mesma massa de água em estado líquido ou em estado sólido tem volumes diferentes, pois, ao passar de um estado para o outro, o volume aumenta cerca de 9 por cento: ao contrário de todos os outros sólidos, o gelo, no seu ponto de fusão, apresenta-se mais dilatado do que a sua forma líquida até atingir os 4 graus centígrados.

Seu ponto de formação é usado como valor de referência em termodinâmica.

O gelo tem pelo menos dezessete fases cristalinas conhecidas e três fases amorfas (não cristalinas), que existem em diferentes temperaturas e pressões.[2] [3]

A estrutura extremamente aberta das moléculas do gelo faz com que ocupe maior volume - e, por isso, seja menos denso - do que a água líquida.[4]


Gelo fundente no Alasca

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 843.
  2. Water Structure and Science. Ice phases
  3. Researchers provide a unified explanation of changes in volume of ice. Phys.org, 18 de novembro de 2015.
  4. "Gelo". Porto Editora (em inglês). Infopédia. Consult. 10 de setembro de 2013. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gelo




Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.