Amorphophallus titanum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Flor-cadáver)
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaAmorphophallus titanum
flor-cadáver, jarro-titã
Amorphophallus titanum

Amorphophallus titanum
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Alismatales
Família: Araceae
Género: Amorphophallus
Espécie: Amorphophallus titanum
Nome binomial
Amorphophallus titanum
(Becc.) Becc. ex Arcang, 1878

Amorphophallus titanum, conhecido pelos nomes comuns de jarro-titã e flor-cadáver, é a espécie que produz um gigantesco espádice que se considera a maior inflorescência do mundo. Quando desabrocha, a inflorescência chega a atingir três metros de altura e pode pesar até 75 quilogramas.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Na realidade, apesar de ser por vezes considerada a maior flor do mundo, produz uma inflorescência, pelo que a maior flor de facto é a Rafflesia arnoldii, nativa do mesmo continente. Os florescimentos são raros porque a planta é muito difícil de cultivar, incluindo em condições ideais.[1]

Aquando da floração, exala um forte odor a carne podre que atrai insetos.[1]

Começa sua vida como um pequeno tubérculo, então solta uma única coluna afilada que cresce furiosamente, até 16,6 centímetros por dia.

Essa planta tuberosa, cultivada em diversos jardins botânicos,é um endemismo das florestas tropicais do oeste de Sumatra, uma ilha da Indonésia, no Oceano Índico, onde é conhecida como "flor-cadáver". Este nome pode derivar do cheiro nauseabundo que exala.

Quem a descobriu foi o botânico italiano Odoardo Beccari, em 1878.

Seu nome científico Amorphophallus titanum significa, literalmente: falo gigante sem forma.

Pode viver até 40 anos, mas só floresce duas ou três vezes.

Referências

  1. a b observador.pt (29-12-2015). «Floresce na Austrália uma estranha flor de quase dois metros e com cheiro a cadáver». Consultado em 29-12-2015 
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies