Fonte Wallace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Exemplar de Fonte Wallace, em Paris

A chamada Fonte Wallace trata-se de uma série de obras de arte em ferro fundido para embelezamento de praças e parques públicos, de grande beleza e raridade, produzidas no final do século XIX.

O nome se deve ao seu idealizador, o filantropo inglês Sir Richard Wallace que doou 100 exemplares da Fonte à cidade de Paris em 1872 e, posteriormente, o fez para outras grandes cidades pelo mundo afora.

Estas fontes foram fundidas na década de 1870, pela Fundição Val d'Osne, na França, e seu escultor, Charles Lebourg, captando o espírito de sua época (o período romântico francês), fez representar, através de quatro belas cariátides , algumas virtudes eternas: a Bondade, a Caridade, a Sobriedade e a Simplicidade. Sob um pedestal destacam-se pois, as quatro delicadas estátuas femininas, trajadas em vestes gregas, que sustentam uma cúpula.

Exemplares no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil há registro de Fontes Wallace na cidade do Rio de Janeiro, em diversos pontos:

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

A mais famosa fonte Wallace de Portugal está na Praça D. Pedro IV, mais conhecida como Rossio, Em Lisboa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Fonte Wallace