Ford Aerospace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ford Aerospace & Communications Corporation (FACC)
Tipo Empresa privada
Gênero Aeroespacial e defesa
Fundação 1956 (59 anos)
Página oficial Ford Aerospace Homepage

Ford Aerospace & Communications Corp (FACC)[1] foi uma empresa aeroespacial e de defesa comercial da Ford Motor Company. Ela consistia de (pelo menos) da divisão de sistemas aeroespaciais (mais tarde Space Systems/Loral) e para o laboratório de desenvolvimento ocidental (WDL) (mais tarde Loral WDL, e atualmente Lockheed Martin WDL).

Devido aos poucos contratos firmados durante seus 32 anos no campo da defesa, a mesma foi vendida em 1990 para a Loral Corporation.

Suas instalações estavam localizadas nas proximidades de Milpitas no estado da Califórnia, Estados Unidos.

História[editar | editar código-fonte]

  • 1956: A Ford Motor Company funda a divisão de defesa e espaço, a Aeronutronic.
  • 1961: A Ford Motor Company adquiriu a Philco Corporation, mais tarde denominado de Philco-Ford Corporation.
  • 1963: A Ford Motor Company muda seu nome para Philco Aeronutronic, reforçando a participação global da Ford Motor Company nos mercados de espaço e defesa.
  • 1975: A Philco-Ford se torna Aeronutronic Corporation.
  • 1976: A Aeronutronic Ford Corporation torna-se Ford Aerospace & Communications Corporation.
  • 1981: A Ford Aerospace & Communications Corporation cria uma nova divisão no sul da Califórnia chamado DIVAD (Divisão de Defesa Aérea) para a produção do M247 Sergeant York.
  • 1988: A Ford Aerospace Milpitas CA se traslada para a Base aérea da OTAN Satcom (NABS: Nato Airbase Satcom).
  • 1990: A Ford Aerospace é vendida para a Loral Corporation.

História após sua venda[editar | editar código-fonte]

  • 1990: A Loral Corporation cria as divisões de sistemas aeroespaciais Systems/Loral, la divisão de laboratório de desenvolvimento ocidental Loral e a divisão de defesa aérea Loral Aeronutronic.
  • 1996: A Loral Corporation e suas divisões são adquiridas pela Lockheed Martin Corporation.

Referências