Forficula auricularia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaForficula auricularia
Earwig on white background.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Dermaptera
Família: Forficulidae
Género: Forficula
Espécie: F. auricularia
Nome binomial
Forficula auricularia
Linnaeus, 1758

A forficula auricularia, vulgarmente conhecida como bicha-cadela, bicha-tesoura ou cadela-de-frade,[1] é um insecto dermáptero, omnívoro, com uma coloração castanha, brilhante, amarelada nas patas e asas. O seu comprimento varia entre 1 e 3 cm.[2]

Possui cercos em forma de pinça, no final do abdómen, que nos machos são ligeiramente arqueados e mais robustos do que nas fêmeas. Ao contrário do que se acredita, este inseto não é venenoso.

Macho
Fêmea

Apesar de serem uma praga para certas colheitas, são usados na agricultura biológica para combater os pulgões dos cítricos.[3]

Referências

  1. Verbete "cadela-de-frade" no dicionário Estraviz.
  2. Costa, J.T. (2006). The Other Insect Societies. Estados Unidos: Harvard University Press 
  3. Cañellas, N. (1 de janeiro de 2005). «Las tijeretas (Dermaptera, Forficulidae) en el control del pulgón en cítricos». Boletín de sanidad vegetal. Plagas. 31 (2): 161–170