Fred A. Busse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fred A. Busse
Fred A. Busse
Tesoureiro de Illinois
Período 1903–1905
Antecessor Moses O. Williamson
Sucessor Len Small
39º Prefeito de Chicago
Período 1907–1911
Antecessor Edward F. Dunne
Sucessor Carter Harrison Jr.
Dados pessoais
Nascimento 3 de março de 1866
Chicago, Illinois
Morte 9 de julho de 1914 (48 anos)
Chicago, Illinois
Cônjuge Josephine Lee Busse
Partido Republicano
Residência Chicago, Illinois

Fred A. Busse (3 de Março de 1866 – 9 de Julho de 1914) foi o prefeito de Chicago, no estado norte-americano de Illinois, de 1907 a 1911.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Busse tornou-se um líder local Republicano, primeiro eleito a Câmara dos Representantes de Illinois em 1894 e novamente em 1896. Em 1898, Busse foi eleito ao Senado de Illinois. Ele então serviu como tesoureiro do estado de Illinois a partir de 1902. Em 1905, o Presidente Theodore Roosevelt nomeou-o chefe do correio de Chicago, uma posição política naquela época (veja a História da SPEU. Venceu a eleição para prefeito em 1907 contra o incumbente Democrata Edward F. Dunne. No ramo, Busse foi Secretário e Tesoureiro da Companhia de Carvão Northwestern até 1905.[2][3]

O mandato da prefeitura de Busse é conhecida por sua extensa corrupção e presença do crime organizado na cidade. A passividade de Busse diante da crescente preocupação popular resultaram na formação de várias organizações que opuseram-se ao crime e desejavam acabar com o governo da cidade.[4] A imagem de Busse foi usada por pelo menos um dono de bordel para promover seus negócios. Durante a reformação, tanto política quanto moral, começava a aparecer em Chicago e Busse observou: "Eles não precisam de ninguém me investigando. Sempre podem me levar a qualquer noite no bar J.C. Murphy, na Clark Street e na North Avenue".[4] Em 1907, a pressão era forte o suficiente para que Busse fosse forçado a nomear uma vice-comissão, embora a comissão não tenha publicado um relatório até que Busse estivesse destituído.[5]

Como prefeito, Busse era um forte defensor do Plano de Chicago.

Morreu no dia 9 de Julho de 1914 de doença cardiovascular aos 48 anos em Chicago, Illinois.[1] Foi sepultado no Cemitério Graceland.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Fred A. Busse Dead. Ex-Mayor and ex-Postmaster of Chicago and Republican Leader» (PDF). New York Times. 9 de Julho de 1914 
  2. Men of Affairs: a gallery of cartoon portraits, Chicago Evening Post, 1906; page 154.
  3. Chicago Public Library-Mayor Fred A. Busse biography
  4. a b Abbott, Karen (2007). Sin in the Second City: Madams, Ministers, Playboys, and the Battle for America's Soul. New York: Random House. pp. 146–147, 165–166. ISBN 978-1-4000-6530-1 
  5. Merriner, James L. (2004). Grafters and Goo Goos: Corruption and Reform in Chicago, 1833-2003. Carbondale, IL: Southern Illinois University Press. 92 páginas. ISBN 0-8093-2571-3 


Precedido por
Moses O. Williamson
Tesoureiro de Illinois
1903–1905
Sucedido por
Len Small