Frederico Guilherme II, Duque de Saxe-Altemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frederico Guilherme II
Duque de Saxe-Altemburgo
Duque de Saxe-Altemburgo
Reinado 1639–1669
Antecessor(a) João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo
Sucessor(a) Frederico Guilherme III, Duque de Saxe-Altemburgo
 
Esposas Sofia Isabel de Brandemburgo
Madalena Sibila da Saxónia
Descendência Cristiano de Saxe-Altemburgo
Joana Madalena de Saxe-Altemburgo
Frederico Guilherme III, Duque de Saxe-Altemburgo
Casa Wettin
Nascimento 12 de fevereiro de 1603
  Weimar, Ducado de Saxe-Weimar, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 22 de abril de 1669 (66 anos)
  Altemburgo, Ducado de Saxe-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Pai Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar
Mãe Ana Maria do Palatinado-Neuburgo

Frederico Guilherme II (Weimar, 12 de Fevereiro de 1603Altemburgo, 22 de Abril de 1669), foi um duque de Saxe-Altemburgo.

Vida[editar | editar código-fonte]

Gravura de Frederico Guilherme II.

Era o filho mais novo de Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar e da condesa Ana Maria do Palatinado-Neuburgo, a sua segunda esposa. Nasceu oito meses depois da morte do pai, a 7 de Julho de 1602.

Pouco depois do seu nascimento, Frederico Guilherme II e os seus irmãos mais velho herdaram o ducado de Saxe-Altemburgo em conjunto sob a regência do príncipe-eleitor Cristiano II e, depois do seu irmão, João Jorge I da Saxónia até 1618, quando o seu irmão mais velho, João Filipe, assumiu o governo do ducado e a guarda dos irmãos mais novos.

Em 1632, dois dos seus irmãos mais velhos já tinham morrido. Frederico Guilherme II e o seu irmão mais velho, João Filipe passaram a governar em conjunto; mas, na verdade, era João Filipe o principal governante de Saxe-Altemburgo. Frederico Guilherme II foi apenas governante honorário até à morte de João Filipe em 1639, altura em que começou o seu reinado único.

Em 1660, Frederico Guilherme adquiriu as cidades de ThemarMeiningen. Em 1664 construiu uma residência (o Jagdschloss) em Hummelshain, e, em 1665, construiu uma residência de viuvez particularmente bela para a sua esposa Madalena Sibila à qual chamou "Magdalenenstift" em Altemburgo.

Quando morreu, foi sucedido pelo seu filho mais novo, Frederico Guilherme III.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

No Castelo de Altemburgo, a 18 de Setembro de 1638, Frederico casou-se com a sua primeira esposa, a princesa Sofia Isabel, única filha do príncipe Cristiano Guilherme de Brandemburgo. Sofia morreu em 1650, depois de doze anos de casamento, sem deixar descendência.

Em Dresden, a 11 de Outubro de 1652, Frederico Guilherme casou-se com a sua segunda esposa, a princesa Madalena Sibila da Saxónia, princesa-herdeira viúva da Dinamarca e filha do antigo regente de Saxe-Altemburgo, João Jorge I. Tiveram três filhosː

  1. Cristiano de Saxe-Altemburgo (27 de Fevereiro de 1654 – 5 de Junho de 1663), morreu aos nove anos de idade.
  2. Joana Madalena de Saxe-Altemburgo (14 de Janeiro de 1656 – 22 de Janeiro de 1686), casada com João Adolfo I, Duque de Saxe-Weissenfels; com descendência.
  3. Frederico Guilherme III, Duque de Saxe-Altemburgo (12 de Julho de 1657 – 14 de Abril de 1672), foi duque de Saxe-Altemburgo durante três anos, até morrer de varíola aos 14 anos de idade.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Frederico Guilherme II, Duque de Saxe-Altemburgo em três gerações
Frederico Guilherme II, Duque de Saxe-Altemburgo Pai:
Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar
Avô paterno:
João Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
João Frederico I da Saxônia
Bisavó paterna:
Síbila de Cleves
Avó paterna:
Doroteia Susana do Palatinado-Simmern
Bisavô paterno:
Frederico III, Eleitor Palatino
Bisavó paterna:
Maria de Brandenburg-Kulmbach
Mãe:
Ana Maria do Palatinado-Neuburgo
Avô materno:
Filipe Luís, Duque Palatino de Neuburgo
Bisavô materno:
Wolfgang, Conde Palatino de Zweibrücken
Bisavó materna:
Ana de Hesse
Avó materna:
Ana de Cleves
Bisavô materno:
Guilherme, Duque de Jülich-Cleves-Berg
Bisavó materna:
Maria da Áustria

Referências[editar | editar código-fonte]