Frique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frique
Estátua de Frique no Matenadarã de Erevã
Nascimento 1230
Morte 1310
Etnia Armênio
Religião Cristianismo

Frique (em armênio/arménio: Ֆրիկ; romaniz.: Frik; 1230-1310) foi um poeta armênio do fim dos séculos XIII e XIV. Não se sabe se seu nome era realmente esse. Se pensa que era um pseudônimo ou a forma abreviada de seu nome original. O erudito Zhamkochian viu em sua escrita grande semelhança com a língua do Reino Armênio da Cilícia e sugeriu que nasceu ali. Diz-se que mais de 50 poesias de Frique sobreviveram ao longo dos anos. Alguns delas incluem Do Protesto, Um Excerto e Canção.[1]

Referências

  1. Hacikyan 2002, p. 524–33.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hacikyan, Agop Jack; Gabriel Basmajian; Edward S. Franchuk; Nourhan Ouzounian (2002). The Heritage of Armenian Literature: From the Sixth to the Eighteenth Century. Detroit, Michigão: Imprensa da Universidade Estadual Wayne. ISBN 0814330231