Funções oxigenadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Funções oxigenadas são os grupos formados a partir da mistura dos átomos carbono, com o oxigênio. As funções oxigenadas tem uma série de produtos, por causa da facilidade do carbono formar cadeias e do oxigênio obter características organogênicas.

Na sociedade do século XX e XXI, as funções oxigenadas têm uma série de produtos que são utilizadas pela indústria e também em produtos químicos domésticos. São funções orgânicas oxigenadas:

As funções oxigenadas incluem compostos que, além do C e do H, possuem também o oxigênio, e os principais são: álcool, aldeído, cetona, ácido carboxílico, éter e éster. As funções oxigenadas obragem compostos orgânicos formados por átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio. Esses átomos se ligam de diferentes maneiras formando uma infinidade de cadeias carbônicas, e por isso, esse é um grupo enorme e bastante diversificado de compostos.

Todas essas substâncias são classificadas nos seguintes grupos funcionais:

  • Álcoois: Possuem uma hidroxila (-OH) ligada a um carbono saturado;
  • Fenóis: Possuem uma hidroxila (-OH) ligada a um carbono pertencente a um anel benzênico;
  • Enóis: Possuem uma hidroxila (-OH) ligada a um carbono insaturado;
  • Aldeídos: Possuem grupo carbonila (C ? O) ligado a um hidrogênio;
  • Cetonas: Possuem o grupo carbonila (C ? O) entre dois carbonos;
  • Ácidos carboxílicos: Possuem o grupo carbonila (C ? O) ligado a uma hidroxila;
  • Ésteres: São formados pela troca de um hidrogênio da carboxila dos ácidos carboxílicos por algum grupo alquila ou arila;
  • Éteres: Possuem o oxigênio entre dois carbonos

Existem compostos oxigenados que são naturais e estão presentes em processos metabólicos importante, tais como o açúcar, a glicerina, o colesterol e o amido. E existem também compostos orgânicos presentes em produtos utilizados no cotidiano, como perfumes, plásticos, combustíveis (como o etanol mencionado na figura acima), essências, entre outros. Esses compostos possuem grande importância econômica, pois participam de muitas reações realizadas em indústrias para a produção de diversos materiais.

Nos artigos a seguir você poderá entender melhor sobre a constituição e propriedades desses compostos, bem como aprender a realizar suas nomenclaturas seguindo as regras estabelecidas pela IUPAC.


Referências

  1. Colégio Objetivo, 1998, Editora Sol
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.