Fundamento de Esperanto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fundamento de Esperanto
Autor (es) L. L. Zamenhof
Idioma esperanto
Assunto Esperanto
Editora Hachette[1]
Lançamento 1905
Páginas 178[1]

Fundamento de Esperanto ("Fundamento do Esperanto") é um livro de L. L. Zamenhof, publicado na primavera de 1905. Em 9 de agosto do mesmo ano, foi considerado a fonte oficial para a língua pelo artigo quatro da Declaração de Bolonha durante o primeiro Congresso Universal de Esperanto na cidade francesa de Bolonha-sobre-o-Mar.

O Fundamento consiste de quatro partes, o prefácio, uma gramática, uma coleção de exercícios e um dicionário universal. A gramática e o dicionário foram redigidos em cinco idiomas nacionais: francês, inglês, alemão, russo e polonês.[2]

Referências

  1. a b "Fundamento de Esperanto: gramatiko, ekzercaro, universala vortaro" (em inglês). Google Books. Consult. 21 de dezembro de 2015. 
  2. Lajos, Kökény. Enciklopedio de Esperanto (em esperanto). 1 ed. Budapeste: Literatura Mondo, 1933. oclc 644140250 Página visitada em 21 de dezembro de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.