Geologia ambiental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde Fevereiro de 2008).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Geologia ambiental, como a hidrogeologia, é uma ciência aplicada preocupada com a aplicação prática da geologia na resolução de problemas ambientais. É um campo multidisciplinar que está intimamente relacionado com geologia de engenharia, em maior grau, geografia ambiental. Cada um desses campos envolve o estudo da interação dos seres humanos com o geológico, incluindo a biosfera, a litosfera, hidrosfera e, até certo ponto, a atmosfera da Terra. Em outras palavras, a geologia ambiental é a aplicação de informações geológicas para resolver os conflitos, minimizando as possíveis conseqüências negativas da degradação ambiental ou maximizando a possível condição vantajosa.[1]

A geologia ambiental inclui:

Um jornal revisado por pares no campo é (ISSN 1866-6280 1866-6280)[2] antigamente Environmental Geology (ISSN 0943-0105).

O Geólogo Ambiental possui como principais atribuições a caracterização de zonas ambientalmente desqualificadas, que coloquem em risco o homem o meio ambiente. Esta caracterização tem em vista a qualidade ambiental do ar, do solo, da água quer subterrânea e superficial, do ruído e a integração destas componentes na a vida do homem. Nesta perspectiva o Geólogo Ambiental tem como preocupação o ordenamento do território, e a previsão de locais potencialmente sujeitos a catástrofes tais como sismos, tsunamis, movimentos de massa, etc. Promove também a remediação de antigas minas, depósitos abandonados de material mineiro (escombreiras), e aterros.

Referências

  1. Unesp. «Considerações Iniciais». Consultado em 13 de novembro de 2017 
  2. «Environmental Earth Sciences». Springer. Consultado em 31 de agosto de 2010