Gorjeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um gorjal holandês.
O poeta britânico Philip Sidney, com um gorjal no pescoço.

Gorjeira ou Gorjal do francês gorge que significa garganta, era originalmente uma tira de linho enrolada em volta do pescoço e cabeça existente no vestuário feminino no período medieval.[1][2]

O termo também parece ser usado para outras peças, como as jóias usadas em torno da região da garganta em uma série de outras culturas, por exemplo, os colares de ouro estreitos encontrados na Irlanda da Idade do Bronze.[3]

Uniforme militar[editar | editar código-fonte]

No início de 1688, há regulamentos quanto o uso de gorgeiras por oficiais do exército sueco. Para aqueles de posto de capitão a gorjeira era dourada com o monograma do rei sob uma coroa de esmalte azul, enquanto os oficiais menores usavam uma gorgeira banhada em prata com as iniciais em ouro.[4]

Referências

  1. Norris, Herbert (1999). Medieval costume and fashion. Mineola, N.Y.: Dover Publications. 181 páginas. ISBN 9780486404868 
  2. Lewandowski, Elizabeth J. The complete costume dictionary. Lanham, Md.: Scarecrow Press, Inc. 123 páginas. ISBN 9780810877856 
  3. Dermot F. Gleeson, "Discovery of Gold Gorget at Burren, Co. Clare", The Journal of the Royal Society of Antiquaries of Ireland, Seventh Series, Vol. 4, No. 1 (Jun. 30, 1934), pp. 138-139, JSTOR, with photo.
  4. Preben Kannik, Alverdens Uniformer I Farver", p.151
Ícone de esboço Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.