Halogaland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hålogaland, entre os reinos viquingues da Noruega, por volta do ano 860
Hålogaland, por volta do ano 1000

Hålogaland, Halogalanda ou Halogalândia (em latim: Halogalandia) é o nome histórico da "Noruega do Norte", região de contornos imprecisos imersa num passado lendário. Antes da chegada do cristianismo ao país, era um "pequeno reino" independente. Na Idade Média, era o condado (fylke) mais ao norte do país, compreendendo o atual condado de Nordelândia e a maior parte do condado de Troms. É possível que aí tenha existido mesmo um "tribunal popular" (lagting) em Vågan, mas pouco é conhecido sobre tal. Hoje em dia, o termo é utilizado para o tribunal de apelação de Hålogaland lagmannsrett, abrangendo a Nordelândia, Troms e Finamarca, além das ilhas de Esvalbarda e Jan Mayen.[1][2]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome geográfico Hålogaland deriva de Hálogaland, um nome em nórdico antigo de significado incerto, mas derivado possivelmente de háleygir, um povo residente na região.[1] Em textos em português parece ser mais usada a forma Hålogaland, ocasionalmente transliterada para Halogaland, e raramente como Halogalândia.[3][4]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Langer, Johnni; Neiva, Weber (2012). «Valquírias versus gigantas: modelos marciais femininos na mitologia escandinava». Revista Brasileira de História das Religiões. IV (13). ISSN 1983-2850 
  • Langer, Johnni (2015). «Hárbardsljód». Dicionário de mitologia nórdica: Símbolos, mitos e ritos. São Paulo: Hedra