Imraguen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imraguen
População total

5 000

Regiões com população significativa
Mauritânia e Saara Ocidental
Línguas
língua hassaniya
Religiões

Os Imraguen são uma etnia com carácter tribal que habita a faixa costeira da Mauritânia e do Sahara Ocidental. Na década de 1970, a população pertencente ao grupo étnico foi estimada em 5 000 pessoas,[1] a maior parte das quais em comunidades piscatórias no Parque Nacional do Banco de Arguim, na costa atlântica da Mauritânia. O nome "imraguen" é uma palavra berbere que significa "pescador".

O grupo aparenta ter origem no grupo Mandé dos povos da família linguística Níger-Congo, acreditando-se que descenda do antigo povo Bafour. A etnia segue a religião muçulmana do rito sunita Maliki, falando, em geral, a língua hassaniya, apesar de terem preservado elementos da língua soninké, reflectindo a sua herança nigero-congolesa.

Sem força militar própria, o grupo esteve tradicionalmente reduzido à posição degradante de pertencer à casta inferior da sociedade mauritana, os znaga, submetidos pela força e sujeitos ao pagamento de tributos (horma) às tribos mais poderosas dos povos Hassane e Zawia, tais como os Oulad Delim e Ouled Bou Sbaa.

Notas

  1. Virginia Thompson and Richard Adloff, The Western Saharans, 1980, ISBN 0-7099-0369-3, page 50

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]