Inflaton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde outubro de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O inflaton é o nome genérico do hipotético e até agora não identificado campo escalar (e sua partícula associada), que podem ser responsáveis pela hipotética inflação do universo, durante seus primeiros períodos.[1][2]

De acordo com a teoria da inflação cósmica, o campo inflaton providenciou o mecanismo para conduzir um período de rápida expansão a partir de 10 -35 a 10 -34 segundo após a expansão inicial que formou o universo.

O menor estado de energia do campo inflaton pode ou não ser um estado de energia zero. Isto, segundo a teoria, dependeeria da escolha da densidade de energia potencial do campo. Antes do período de expansão, o campo inflaton estaria em um estado de energia mais elevada. Flutuações quânticas aleatórias teriam desencadeado uma fase de transição em que o campo inflaton liberou sua energia potencial como matéria e radiação e instalou-se em seu estado de energia mais baixo.

Acredita-se que esta ação gerou uma força repulsiva que levou a parte do universo que é observável a nós hoje a se expandir a partir de aproximadamente 10 -50 metros de raio a 10 -35 segundos para quase 1 metro de raio em 10 -34 segundos. O nome "Inflaton" está de acordo com a convenção para nomes de campo, e junta-se termos como fótons e glúons. O processo chama-se "inflação", a partícula é o "inflaton".

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. John McDonald (1999). «Reheating Temperature and Inflaton Mass Bounds from Thermalization After Inflation» (PDF) 
  2. F.L. Bezrukov, M.E. Shaposhnikov (2008). «The Standard Model Higgs boson as the inflaton» (PDF). Phys.Lett.B. 659: 703-706 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]