Alan Guth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alan Guth
Conhecido(a) por inflação cósmica
Nascimento 27 de fevereiro de 1947 (73 anos)
New Brunswick
Residência Estados Unidos
Nacionalidade estadunidense
Alma mater Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Prêmios Medalha Oskar Klein (1991), Medalha Eddington (1996), Medalha Benjamin Franklin (2001), Medalha Dirac (2002), Prêmio Gruber de Cosmologia (2004), Medalha Isaac Newton (2009), Fundamental Physics Prize (2012)
Orientador(es) Francis Low
Instituições Universidade de Princeton, Universidade Columbia, Universidade Cornell, Centro de Aceleração Linear de Stanford, Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Campo(s) física, cosmologia, física de partículas

Alan Harvey Guth (New Brunswick, 27 de fevereiro de 1947) é um físico e cosmologista estadunidense. É professor e pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Guth é conhecido por ser o pai da teoria da inflação cósmica. Segundo esta teoria, o universo expandiu-se exponencialmente nos primeiros instantes após o big bang. A teoria inflacionária foi proposta pela primeira vez em 1981, e nos anos seguintes vários físicos, tais como Stephen Hawking, Andrei Linde e Paul Steinhardt, foram responsáveis por seu desenvolvimento e modificação, inclusive Guth. A inflação cósmica foi proposta por Guth para resolver alguns dos problemas fundamentais do modelo padrão do big bang, sendo atualmente muito discutida no contexto da teoria das cordas e também por apresentar boa concordância experimental com os dados do satélite WMAP.

Correntes de interesse[editar | editar código-fonte]

Anteriormente, Guth estudou a teoria do calibre de rede , monopolos magnéticos e instanton magnéticos, máquinas do tempo de Gott e vários outros tópicos da física teórica. Grande parte do trabalho atual de Guth inclui a extrapolação das flutuações de densidade de correntes de várias versões da inflação, para testar contra observações e investigar a inflação em modelos do "Brande cosmology"[1]

Guth trabalha em parceira com Victor F. Weisskopf professor de física em Massachusetss no Instituto de Tecnologia (MIT) . Até agora, ele escreveu cerca de 60 artigos técnicos relacionados aos efeitos da inflação e suas interações com a física de partículas.

Honras e Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ele ganhou muitos prêmios e medalhas, incluindo a medalha do Centro Internacional de Física Teórica, Trieste, Itália juntamente com o Andrei Linde e Paul Steinhardt, a medalha Eddington em 1996, a medalha Isaac Newton de 2009, concedida pelo Instituto Britânico de Física.

Em 2005, Guth ganhou o prêmio de escritório mais bagunçado de Boston, organizado pelo Boston Globe. Ele foi inscrito por colegas que esperavam que isso o envergonhasse ao fazer a limpeza[2], mas Guth está muito orgulhoso do prêmio.[3]

Em julho de 2012, ele foi o ganhador inaugural do Prêmio de Física Fundamental, criação do físico e empresário da internet, Yuri Milner.

Em 2014, ele foi co-recebedor do prêmio Kavli concedido pela Academia Norueguesa de Ciências e Letras juntamente com Andrei Linde, da Universidade de Stanford, e Alexei Starobinsky do Instituto Landau de Física Teórica, "pelo pioneirismo na teoria da inflação cósmica.[4][5][6]. Neste mesmo ano, Guth recebeu o Golden Plate Award da American Academy of Achievement[7]

Referências[editar | editar código-fonte]


Precedido por
John Hopfield
Medalha Dirac
2002
Andrei Linde e Paul Steinhardt
Sucedido por
Robert Kraichnan e Vladimir Zakharov


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Brane cosmology». Wikipedia (em inglês). 27 de junho de 2020 
  2. «Boston.com / Real Estate Photo gallery». web.archive.org. 4 de março de 2016. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  3. Vilenkin, A (2006). Many worlds in one: the search for other universes (em English). New York: Hill and Wang, A division of Farrar, Straus and Giroux. OCLC 61660278 
  4. Rowland, David C; Moser, May-Britt (1 de fevereiro de 2014). «From cortical modules to memories». Current Opinion in Neurobiology. Neural maps (em inglês). 24: 22–27. ISSN 0959-4388. doi:10.1016/j.conb.2013.08.012 
  5. BhattacharjeeMay. 29, Yudhijit; 2014; Pm, 1:15 (29 de maio de 2014). «Nine Scientists Share Three Kavli Prizes». Science | AAAS (em inglês). Consultado em 25 de agosto de 2020 
  6. «Fluid-dynamics proof may claim million-dollar math prize» (em inglês). 24 de janeiro de 2014. doi:10.1063/PT.5.027641 
  7. «Golden Plate Awardees». Academy of Achievement (em inglês). Consultado em 25 de agosto de 2020