Steven Balbus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Steven Balbus
Nascimento 23 de novembro de 1953 (65 anos)
Filadélfia
Nacionalidade Estadunidense
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade da Califórnia em Berkeley
Ocupação astrofísico, professor universitário, cátedra Saviliana de Astronomia
Prêmios Prêmio Shaw (2013)
Empregador Universidade de Princeton, Universidade de Oxford, Universidade de Virgínia, Escola Normal Superior de Paris
Página oficial
http://www2.physics.ox.ac.uk/contacts/people/balbus
Campo(s) Astrofísica

Steven Andrew Balbus (Filadélfia, 23 de novembro de 1953)[1] é um astrofísico estadunidense.

Vida[editar | editar código-fonte]

Balbus estudou no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), com bacharelato em matemática e física em 1975 e doutorado em física em 1981 no Instituto de Tecnologia da Califórnia. No pós-doutorado esteve no MIT e na Universidade de Princeton. Em 1995 foi para a Universidade de Virgínia, onde foi em 1987 professor assistente e em 1997 professor de astronomia. Foi durante nove anos professor da Escola Normal Superior de Paris e em 2012 Professor Saviliano de Astronomia na Universidade de Oxford.

Em 2013 recebeu com John Frederick Hawley o Prêmio Shaw de Astronomia.

Foi eleito membro da Royal Society em 2016.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Balbus, Hawley Instability, turbulence, and enhanced transport in accretion disks, Reviews of Modern Physics, Volume 70, 1998, p. 1-53

Referências

  1. Karrieredaten nach American Men and Women of Science, Thomson Gale 2004

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre astrofísico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.