Richard Hamilton (professor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outras personalidades com o mesmo nome, veja Richard Hamilton.
Richard Hamilton
Nascimento 1943 (77 anos)
Cincinnati
Residência Estados Unidos
Nacionalidade Estadunidense
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Yale, Universidade de Princeton
Ocupação matemático, professor universitário
Prêmios Prêmio Oswald Veblen de Geometria (1996), Clay Research Award (2003), Prêmio Leroy P. Steele (2009), Prêmio Shaw (2011)
Empregador Universidade Columbia
Orientador(es) Robert Gunning
Orientado(s) Martin Lo
Instituições Universidade Columbia
Campo(s) matemática

Richard Streit Hamilton (Cincinnati, 1943) é um matemático estadunidense.

É conhecido por ter contribuido para a demonstração da conjectura de Poincaré.

Biografia[editar | editar código-fonte]

"Hamilton recebeu seu bacharelado em 1963 pela Universidade de Yale e Ph.D. em 1966 pela Universidade de Princeton. Robert Gunning supervisionou sua tese. Hamilton lecionou na Universidade da Califórnia, Irvine, Universidade da Califórnia, San Diego, Cornell University e Columbia University. As contribuições matemáticas de Hamilton se deram principalmente no campo da Geometria diferencial e, mais especificamente, da análise geométrica. Ele é mais conhecido por ter descoberto o Fluxo de Ricci e ter iniciado um programa de pesquisa que levou à prova, por Grigori Perelmen, da Conjectura de Geometrização de Thurston e da solução da conjectura de Poincaré. Em agosto de 2006, Perelman recebeu, mas recusou, a Medalha Fields por sua prova, em parte citando o trabalho de Hamilton como sendo fundamental. Hamilton recebeu o Prêmio Oswald Veblen de Geometria em 1996 e o ​​Clay Research Award em 2003. Ele foi eleito para a Academia Nacional de Ciências em 1999 e a Academia Americana de Artes e Ciências em 2003. Ele também recebeu o AMS Leroy P. Steele Prêmio de Contribuição Seminal à Pesquisa em 2009. Em 18 de março de 2010, foi anunciado que Perelman havia cumprido os critérios para receber o primeiro prêmio Clay Millennium por sua prova da conjectura de Poincaré. Em 1º de julho de 2010, Perelman recusou o prêmio, dizendo acreditar que sua contribuição para provar a conjectura de Poincaré não era maior que a de Hamilton, que primeiro sugeriu um programa para a solução. Em junho de 2011, foi anunciado que o prêmio Shaw, de um milhão de dólares, seria dividido igualmente entre Hamilton e Demetrios Christodoulou por seus trabalhos altamente inovadores em equações diferenciais parciais não lineares na geometria Lorentziana e Riemanniana e suas aplicações à relatividade e topologias gerais."

Tradução da página https://en.m.wikipedia.org/wiki/Richard_S._Hamilton

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.