Universidade Yale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes (desde Novembro de 2016). Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir referências.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Universidade Yale
Yale University
Latim:'Universitas Yalensis'
Lema אורים ותמים (em hebreu)
Urim e Tumim
Nomes anteriores Collegiate School (1701–1718)
Yale College (1718–1887)
Fundação 9 de outubro de 1701 (317 anos)
Tipo de instituição Privada
Localização New Haven, Connecticut,  Estados Unidos
Presidente Peter Salovey
Docentes 4 410
Total de estudantes 12 312
Graduação 5 453
Pós-graduação 6 859
Campus Urbano/cidade universitária (411 hectares)
Apelido Bulldogs
Cores da escola      Azul
Mascote Handsome Dan
Afiliações Ivy League
AAU
IARU
Página oficial www.yale.edu

A Universidade Yale é uma instituição de ensino superior privada norte-americana, situada em New Haven, Connecticut. Fundada em 1701 sob o nome de Collegiate School, é a terceira mais antiga instituição de ensino superior dos Estados Unidos.

Já formou inúmeros ganhadores de Prêmio Nobel, juízes da Suprema Corte e Presidentes dos Estados Unidos, incluindo William Howard Taft, Gerald Ford, George H. W. Bush, Bill Clinton e George W. Bush.

As posses de Yale, que incluem 27,2 bilhões de dólares de fundos[1] (o segundo maior entre todas as instituições acadêmicas) e mais de uma dúzia de bibliotecas que contêm 11 milhões de volumes escritos, suportam uma capacidade 5.200 estudantes a completar a licenciatura e 6.000 o mestrado. Das 70 licenciaturas oferecidas por Yale todas são orientadas de modo liberal e poucas são as de natureza pré-profissional (até os departamentos de engenharia encorajam e requerem que os alunos explorem disciplinas académicas fora das engenharias). 20 por cento em Yale licencia-se em ciências, 35 em ciências sociais e 50 em artes e humanidades. Todos os professores mais experientes ensinam a licenciantes e mais de 75% dos 2.000 cursos disponíveis a estes captam menos de 20 alunos.

A universidade disponibiliza cursos considerados distintos, como sobre clássicos escritos, teatro, arte, arquitetura, história, medicina e direito. No total, Yale tem mais de 3.200 profissionais empregados, entre os quais os com a designação de Sterling Professor são considerados de estatuto superior.

O sistema dos edifícios residenciais de Yale, baseado nos da Universidade de Oxford e da Universidade de Cambridge, é único entre as universidades dos Estados Unidos. Cada um dos 14 residential colleges abriga um grupo representativo do corpo estudantil e dispõe de várias instalações técnicas, seminários acadêmicos, bem como um Head of College e um Dean, professores que moram nos residential colleges com suas famílias e são responsáveis pelas atividades sociais do college e acompanhamento acadêmico de seus alunos. Até 2017, Yale tinha somente 12 residential colleges.

Personalidades proeminentes em ramos diferentes foram servidas pela Universidade Yale, o número de presidentes dos Estados Unidos formados nesta universidade é maior do que em qualquer outra universidade e começando pelo fundador do Peace Corps, Robert Shrivers, pelo menos um licenciado foi nomeado presidente ou vice-presidente democrático ou republicano desde 1972; Seis ganharam o Prémio Nobel desde 1994; De acordo com a revista Fortune, Yale formou o maior número CEOs Fortune 500 que qualquer outro colégio; E vários actores como Paul Newman, Meryl Streep, Jodie Foster e Edward Norton também vieram de Yale. O neurocirurgião Ben Carson (mundialmente conhecido por separar gêmeos ligados pela cabeça sem problemas) também estudou em Yale.

Yale é bastante seletiva nos estudantes que aceita. Em 2018, Yale admitiu 6.31% de um total de mais de 30 mil candidatos para graduação[2] e aproximadamente três quartos escolhe matricular-se todo ano. A taxa de admissão baixa é ainda mais surpreendente dado o aumento no número de vagas em 2017 após a abertura de dois novos Residential Colleges, que abrigam alunos de graduação. A Escola de Direito, considerada pós-graduação nos EUA, escolhe menos de 10% dos seus quase 3.000 inscritos (o mais exigente do país)[3]. Hillary e Bill Clinton se conheceram estudando na Escola de Direito de Yale.

A rivalidade entre Yale e Universidade Harvard é longa e bem documentada; de longe a mais antiga e intensa na Liga Ivy (Ivy League); de sucesso acadêmico até canoagem e futebol americano, a sua histórica competição é semelhante a entre Oxford e Cambridge. Outras universidades ligadas a Yale incluem a Universidade Princeton, a Universidade Stanford e o Massachusetts Institute of Technology (MIT em inglês).

O ex-presidente da Universidade Yale, Richard C. Levin, sumarizou os objectivos institucionais de Yale para o novo século durante a sua celebração tricentenária do seguinte modo: "Ao olharmos para o futuro, Yale permanece empenhada na educação superior e numa determinação em educar líderes. Os líderes do século XXI operarão num ambiente global. Por conseguinte, o currículo de Yale está a aumentar o foco nos dilemas internacionais e a ter representação internacional forte entre a população estudantil."

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Yale Investments Office». Yale Investments Office (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2018 
  2. «Yale College admits 2,229 students; second year of expanded class size». YaleNews (em inglês). 28 de março de 2018 
  3. «Yale Law School | Law School Numbers». yale.lawschoolnumbers.com. Consultado em 14 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade Yale