James Patrick Allison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James Patrick Allison Medalha Nobel
James P. Allison (2015)
Nascimento 7 de agosto de 1948 (70 anos)
Alice, Texas
Nacionalidade Estadunidense
Alma mater Universidade do Texas em Austin
Prêmios Prêmio William B. Coley (2005), Prêmio Gabbay (2011), Prêmio Szent-Györgyi por Progresso em Pesquisa do Câncer (2014), Prêmio Louisa Gross Horwitz (2014), Prêmio Harvey (2014), Prêmio Internacional da Fundação Gairdner (2014), Breakthrough Prize in Life Sciences (2014), Prêmio Tang (2014), Prêmio Passano (2015), Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter (2015), Prêmio Wolf de Medicina (2017), Nobel da Fisiologia ou Medicina (2018),[1] Medalha Benjamin Franklin (2019)
Campo(s) Imunologia

James Patrick Allison (Alice, Texas, 7 de agosto de 1948) é um imunologista estadunidense.

Foi distinguido com o Nobel da Fisiologia ou Medicina de 2018, juntamente com Tasuku Honjo, por descobertas relacionadas com o papel do sistema imunitário na luta contra o câncer.[1]

Referências

  1. a b «nvestigação sobre imunoterapia para o cancro vence Prémio Nobel da Medicina». 1 de outubro de 2018. Consultado em 1 de outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Michael Reth
Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter
2015
com Carl H. June
Sucedido por
Emmanuelle Charpentier e Jennifer Doudna
Precedido por
Jeffrey C. Hall, Michael Warren Young e Michael Rosbash
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2018
com Tasuku Honjo
Sucedido por


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.