Peter J. Ratcliffe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Peter J. Ratcliffe Medalha Nobel
Nome nativo Peter John Ratcliffe
Nascimento 14 de maio de 1954 (65 anos)
Morecambe, Lancashire
Cidadania Reino Unido
Alma mater Gonville and Caius College
Ocupação professor universitário
Prêmios Membro da Royal Society (2002)
Prêmio Louis-Jeantet de Medicina (2009)
Cavaleiro Celibatário
Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica (2016)
Prêmio Massry (2018)
Nobel de Fisiologia ou Medicina (2019)
Empregador Universidade de Oxford
Página oficial
https://www.ndm.ox.ac.uk/principal-investigators/researcher/peter-ratcliffe

Peter John Ratcliffe FRS (Morecambe, 14 de maio de 1954[1]) é um médico e biólogo celular e molecular britânico mais conhecido por seu trabalho sobre reações celulares à hipóxia, pelo qual compartilhou com Gregg L. Semenza e William Kaelin Jr. o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 2019.[2] Foi clínico praticante no John Radcliffe Hospital, Oxford e Nuffield, professor de medicina clínica e chefe do departamento de medicina clínica de Nuffield na Universidade de Oxford, de 2004 a 2016. Em 2016 tornou-se diretor de pesquisa clínica no Francis Crick Institute.[3] mantendo uma posição em Oxford como membro do Instituto Ludwig de Pesquisa do Câncer e diretor do Target Discovery Institute, Universidade de Oxford.[4]

Referências

  1. Ratcliffe, Sir Peter (John) — WHO'S WHO & WHO WAS WHO (em inglês). [S.l.: s.n.] doi:10.1093/ww/9780199540884.013.43812 
  2. «Nobel da Medicina para descobertas sobre resposta das células ao oxigénio». Público. 7 de outubro de 2019. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  3. «Peter Ratcliffe — The Francis Crick Institute». The Francis Crick Institute (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  4. «Crick Website» (em inglês). Crick. Consultado em 7 de outubro de 2019 


Precedido por
James Patrick Allison e Tasuku Honjo
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2019
com William Kaelin Jr. e Gregg L. Semenza
Sucedido por