Richard Timothy Hunt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Timothy Hunt Medalha Nobel
Bioquímica
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 19 de fevereiro de 1943 (72 anos)
Local Neston
Atividade
Campo(s) Bioquímica
Alma mater Universidade de Cambridge
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (2001), Medalha Real (2006)

Richard Timothy Hunt (Neston, 19 de fevereiro de 1943) é um bioquímico britânico.

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2001.

Polêmica[editar | editar código-fonte]

Sir Tim Hunt pediu demissão do cargo de professor honorário na University College London (UCL), depois das repercussões de um comentário que fez na Coreia do Sul, em um almoço durante a Conferência Mundial para Jornalistas de Ciências[1] . O professor tinha sido convidado a dizer algumas palavras no encerramento e comentou que "Três coisas acontecem quando há moças no laboratório. Você se apaixona por elas, elas se apaixonam por você, e choram quando são criticadas". Uma jornalista britânica presente ao evento, Connie St. Louis, tuitou esse comentário, classificando-o como "sexista". No dia seguinte, o professor pediu demissão.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Arvid Carlsson, Paul Greengard e Eric Kandel
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2001
com Leland Hartwell e Paul Nurse
Sucedido por
Sydney Brenner, Robert Horvitz e John Sulston
Precedido por
Michael Pepper, Anthony Pawson e Michael Fisher
Medalha Real
2006
com David Baulcombe e John Pendry
Sucedido por
Tomas Lindahl, Cyril Hilsum e James Feast


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um bioquímico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.