Cyril Hilsum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cyril Hilsum
Conhecido(a) por Ciência e tecnologia do cristal líquido
Nascimento 17 de maio de 1925 (91 anos)
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Alma mater University College London
Prêmios Prêmio Max Born (1987), Medalha Faraday (1988), Medalha Real (2007)

Cyril Hilsum CBE FRS (17 de maio de 1925[1]) é um físico britânico.


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Semiconducting III-V Compounds (Monographs on Semiconductors), C. Hilsum, 239 pages, Publ. Elsevier (1961), ISBN 0-08-009499-6
  • Liquid Crystals, C. Hilsum, Cambridge Univ Press (1985), ISBN 0-521-30465-2
  • Device Physics (Vol 4 of Handbook on Semiconductors), C. Hilsum and T.S. Moss (Editors), 1244 pages, Publ. JAI Press (1993) ISBN 0-444-88813-6
  • Communications After AD2000, C. Hilsum, D.E.N. Davies, A.W. Rudge (Editors), Chapman & Hall, (1993), ISBN 0-412-49550-3


Referências


Precedido por
David Baulcombe, Richard Timothy Hunt e John Pendry
Medalha Real
2007
com Tomas Lindahl e James Feast
Sucedido por
Robert Hedges, Philip Cohen e Alan Fersht


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.