University College London

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
University College London

Latim:'Cuncti adsint meritaeque expectent praemia palmae'
UCL
Fundação 1826
Tipo de instituição Universidade pública
Localização Bloomsbury, Londres,  Reino Unido
Funcionários 11 000
Docentes 6 000
Chanceler A Princesa Real
(como chanceler da Universidade de Londres)
Reitor(a) Michael James Paul Arthur
Presidente Dama DeAnne Shirley Julius
Total de Estudantes 28 430 (2013/14)
Graduação 15 415 (2013/14)
Pós-Graduação 13 015 (2013/14)
Cores da Escola                         
Afiliações Universidade de Londres
Página oficial ucl.ac.uk

University College London (UCL ou, alternativamente, University College, London) é uma universidade pública em Londres, Inglaterra, como também uma das faculdades constituintes da Universidade de Londres. Fundada em 1826 como London University por fundadores inspirados pelas ideias radicais de Jeremy Bentham, UCL foi a primeira instituição universitária de Londres. Foi também, em Inglaterra: a primeira inteiramente secular; a primeira a admitir estudantes independentemente de sua religião; a primeira a admitir mulheres em condição de igualdade com os homens.[1] A UCL se tornou uma das duas faculdades fundadoras da Universidade de Londres em 1826 e tem crescido também pelas suas fusões, incluindo o Institute of Neurology (1997), o Royal Free Hospital Medical School (1998), o Eastman Dental Institute (1999), a School of Slavonic and East European Studies (1999), a School of Pharmacy (2002) e o Institute of Education (2014). A UCL é a maior instituição de ensino superior em Londres, a maior instituição de pós-graduação no Reino Unido por número de inscrições[2] e é considerada como uma das principais universidades de pesquisas multidisciplinares do mundo.[3] [4] [5] [6] [7] .

O campus principal da UCL está localizado na área de Bloomsbury, no centro de Londres, com diversos institutos e hospitais escola em outros lugares fora de Londres, assim como campos satélite em Adelaide, Austrália e Doha, Qatar. A UCL está organizada em 11 faculdades constituintes, dentro das quais existem mais de 100 departamentos, institutos e centros de pesquisa. A UCL é responsável por vários museus e coleções em uma grande variedade de campos, incluindo o Petrie Museum of Egyptian Archaeology e do Grant Museum of Zoology and Comparative Anatomy. A UCL tem cerca de 36 mil alunos e 11 mil funcionários (incluindo cerca de 6.000 docentes e 980 professores) e teve uma renda total de £1.02 bilhões em 2013/14, dos quais £374,5 milhões foram de bolsas e contratos de pesquisa.[1] A UCL é um membro de várias organizações acadêmicas e faz parte da UCL Partners, o maior centro de ciência de saúde acadêmico do mundo,[8] e do "triângulo de ouro" das universidades inglesas de elite.[9]

UCL é uma das universidades britânicas mais seletivas e ocupa um lugar destacado nos rankings nacionais e internacionais das universidades.[7] [10] [11] Os graduados da UCL são classificados entre os mais empregáveis pelos empregadores internacionais[12] [13] e o rol de seus ex-alunos incluem o "Pai da Nação" da Índia, Quênia e Maurício, fundadores de Gana, do Japão moderno[14] e da Nigéria,[15] o inventor do telefone, e um dos co-descobridores da estrutura de DNA. Os acadêmicos da UCL têm contribuído para importantes avanços em várias disciplinas; todos os cinco dos gases nobres que ocorrem naturalmente foram descobertos na UCL por William Ramsay,[16] o tubo de vácuo foi inventado por UCL graduado John Ambrose Fleming, enquanto um corpo docente de UCL[17] e vários avanços fundamentais nas estatísticas modernas foram feitas na UCL de departamento de ciência da estatística fundada por Karl Pearson.[18] Há ainda entre seus ex-alunos e funcionários 33 ganhadores do Prêmio Nobel.

Em 2009, a Yale UCL Collaborative foi estabelecida entre UCL, UCL Partners, Universidade de Yale, Yale School of Medicine e Yale -. New Haven Hospital.[19] É a maior colaboração na história de qualquer universidade, e o seu âmbito foi posteriormente estendido para as ciências humanas e sociais.[20] [21]

No Brasil, a faculdade é representada por Roberto Baumgarten Kuster, José Fernandes e Luiz Carlos Chagas.[22]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «UCL | Fulbright University Partners | US-UK Fulbright Commission». www.fulbright.org.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  2. «UCL and the Institute of Education merger confirmed - UCL Institute of Education, University College London». www.ioe.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  3. «World Reputation Rankings». Times Higher Education (THE). Consultado em 2015-12-10. 
  4. «The 30 Most Influential Colleges and Universities of the Past Century - Best College Reviews». www.bestcollegereviews.org. Consultado em 2015-12-10. 
  5. «University Research Excellence Framework 2014 – the full rankings». the Guardian. Consultado em 2015-12-10. 
  6. «UCL top performing university in Horizon 2020». www.ucl.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  7. a b «URAP - University Ranking by Academic Performance». www.urapcenter.org. Consultado em 2015-12-10. 
  8. «HSJ | Health Service Journal - for healthcare leaders». www.hsj.co.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  9. Smaglik, Paul. (2005-07-06). "Golden opportunities" (em en). DOI:10.1038/nj7047-144a.
  10. «World University Rankings». Times Higher Education (THE). Consultado em 2015-12-10. 
  11. «QS World University Rankings® 2015/16». Top Universities. Consultado em 2015-12-10. 
  12. «Global Employability University Ranking 2014 results». Times Higher Education (THE). Consultado em 2015-12-10. 
  13. «Global Companies Rank Universities - NYTimes.com». www.nytimes.com. Consultado em 2015-12-10. 
  14. «The pioneering foreign students who rebuilt Japan». Times Higher Education (THE). Consultado em 2015-12-10. 
  15. «Sir Abubakar Tafawa Balewa | prime minister of Nigeria». Encyclopedia Britannica. Consultado em 2015-12-10. 
  16. «Sir William Ramsay». www.ucl.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  17. «Sir John Ambrose Fleming — Electronic & Electrical Engineering». www.ee.ucl.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  18. «Department History». www.ucl.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
  19. «Home > Yale UCL Collaborative | Yale School of Medicine». medicine.yale.edu. Consultado em 2015-12-10. 
  20. «Research intelligence - Transatlantic affair of the heart takes off in big way». Times Higher Education (THE). Consultado em 2015-12-10. 
  21. «Yale joins research alliance». yaledailynews.com. Consultado em 2015-12-10. 
  22. «South America». www.ucl.ac.uk. Consultado em 2015-12-10. 
Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.