King's College de Londres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
King's College London
King's College London crest.png
Lema Sancte et Sapienter
(Latim)
"Com Santidade e Sabedoria"
Fundação 1829
Tipo de instituição Pública
Localização Londres, Inglaterra
Docentes 6 113 (2012)[1]
Presidente Ed Byrne
Total de estudantes 25 187 (2012–13)[2]
Graduação 14 997[2]
Pós-graduação 10 190[2]
Campus Urbano

O Kings' College de Londres (inglês: King's College London) é uma universidade pública de investigação localizada em Londres, Reino Unido, considerada uma das mais prestigiadas e importantes instituições de ensino superior do mundo. É considerada a terceira universidade mais antiga da Inglaterra, tendo sido fundada por Jorge IV e o Duque de Wellington em 1829. O Hospital de St. Thomas, que é hoje um hospital de ensino da Escola de Medicina do King's College, tem raízes que remontam a 1173.

O King's College apresenta uma grande reputação académica, sendo classificado como a 6ª melhor universidade da Europa, e 16ª melhor do mundo, de acordo com a QS World University Rankings 2014-15[3]. A reputação do King's College inclui todas as principais áreas académicas, com destaque para o direito, relações internacionais e estudos de guerra nas ciências sociais, e a medicina, psicologia e enfermagem nas ciências naturais. O King's College já produziu 12 ganhadores do Prémio Nobel, como é o caso do vencedor do Nobel da Paz, Desmond Tutu. Formou também 16 chefes de estado e dezenas de outros líderes mundiais. No parlamento britânico atual podem encontrar-se 20 deputados formados no King's College.

O King's College faz parte do Golden Triangle de universidades britânicas de elite, em conjunto com a Universidade de Oxford, Universidade de Cambridge, University College London, Imperial College London, e London School of Economics. O King's College é também membro fundador da Universidade de Londres e do Russell Group.

O processo de admissão ao King's College é extremamente competitivo, e apenas uma pequena percentagem dos estudantes mais brilhantes é convidada a estudar na instituição. O King's College de Londres tem hoje em dia aproximadamente 25 000 alunos, sendo 14 997 alunos de graduação e 10 190 de pós-graduação. Seu primeiro professor foi John Frederic Danniel, um físico e químico muito famoso por ter criado a Pilha de Daniell, um Higrômetro e um Pirômetro de registro. O King's College constitui o maior centro de formação médica da Europa.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Hearnshaw, F. J. C. (1929) The Centenary History of King's College London. George G. Harrap & Co.
  • Huelin, G. (1978) King's College London, 1828-1978.
  • Jones, C. K. (2004) King's College London: In the service of society.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Profile» (PDF). King's College London. 2012. Consultado em 22 de janeiro de 2013 
  2. a b c «1st December Enrolled Student Headcount 2012/13» (PDF). King's College London. Consultado em 20 de agosto de 2013 
  3. QS Quacquarelli Symonds Limited. «"QS World University Rankings Results 2014"». Consultado em 20 de setembro de 2014