Arvid Carlsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arvid Carlsson Medalha Nobel
Arvid Carlsson (2011)
Nascimento 25 de janeiro de 1923
Upsália,  Suécia
Morte 29 de junho de 2018 (95 anos)
Gotemburgo,  Suécia
Nacionalidade Sueco
Alma mater Universidade de Lund
Prêmios Prêmio Wolf de Medicina (1979), Prêmio Japão (1994), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (2000)
Campo(s) Farmacologia

Arvid Carlsson (Upsália, 25 de janeiro de 1923 - Gotemburgo, 29 de junho de 2018) foi um farmacologista sueco.[1]

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2000.

Polêmico, critica duramente a fluoretação da água potável, por considerar tal medida anti-ética e perigosa.

Morreu em 29 de junho de 2018, aos 95 anos, em Gotemburgo, na Suécia.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
George Davis Snell, Jean Dausset e Jon van Rood
Prêmio Wolf de Medicina
1979
com Roger Sperry e Oleh Hornykiewicz
Sucedido por
César Milstein, Leo Sachs e James Learmonth Gowans
Precedido por
Günter Blobel
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2000
com Paul Greengard e Eric Kandel
Sucedido por
Leland Hartwell, Richard Timothy Hunt e Paul Nurse
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arvid Carlsson